Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/54162

TítuloGramáticas de forma analítica: processo computacional para definição de linguagens de projeto
Autor(es)Figueiredo, Bruno
Palavras-chaveGramáticas de forma
Linguagem de projeto
Modelos computacionais em arquitetura
Alberti digital
Data2015
Resumo(s)A comunicação descreve processos de definião de Gramáticas de forma analítica, designadamente enquanto metodologias computacionais para definição de linguagens de projeto. Gramáticas de forma analíticas foram desenvolvidas com o propósito de auxiliarem à descrição e análise de estilos arquitectónicos ou linguagens de projeto com historiograficamente relevantes (Stiny e Mitchell, 1978) sugerem que a caracterização de uma linguagem de projeto depende do seu valor explicativo e preditivo, o qual verifica-se em três condições (testes), pelo que poderão ser aplicados na avaliação de uma gramática. Neste quadro teórico, apresenta-se o projeto I&D "Alberti Digital", que visou a descodificação dos princípios arquitetónicos descritos no tratado De re aedificatoria, de Alberti (1485), em Gramáticas de forma para a análise e geração de edifícios sagrados.
TipooralPresentation
URIhttp://hdl.handle.net/1822/54162
Arbitragem científicano
AcessoclosedAccess
Aparece nas coleções:EA - Comunicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Bruno Figueiredo_presentation 261115_FAUL_.pdf18,28 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis