Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/53873

TitleSTOL - A construção de um projeto de divulgação de Ciência
Author(s)Nobre, Alexandra
Almeida Aguiar, Cristina
Forjaz, Maria Antónia
Maciel, Elsa Marina Costa
Braga, Inês Almeida
Araújo, Hugo Carvalho
Almeida, M. J.
KeywordsComunicação de Ciência
Issue date2014
Abstract(s)Para encontrar modos inovadores e mais eficazes de comunicação entre ciência e sociedade, e vice-versa, o projeto STOL - Science Through Our Lives tem criado várias atividades destinadas a diversos públicos. A exposição fotográfica “De que é feita a Ciência”, dirigida ao grande público e à qual se associou um colóquio assistido por cerca de 200 pessoas, foi uma das primeiras iniciativas STOL. Itinerante, a exposição esteve já em 4 locais, teve centenas de visitantes e encontra-se selecionada para exposição no CCB. “Ponto a Ponto Enche a Ciência o Espaço” é uma atividade que desde a sua conceção (criação de modelos hiperbólicos em croché e de um recife de coral) até à exposição, como instalação, passando por workshops, envolveu diversos grupos etários. A manufatura contou com a participação de população sénior; a montagem e os workshops, onde se exploraram abordagens interdisciplinares em áreas diversas como a biologia e a matemática, estiveram a cargo do STOL. A sua versatilidade permite alojar a instalação em espaços de tipologia e dimensão diversificadas, tendo sido visitada por alguns milhares de pessoas num período de 2 anos. A Ciência Viva decidiu apoiar uma iniciativa STOL diferente, no âmbito do seu concurso Escolher Ciência. Com o projeto “O DNA vai à Escola”, 30 professores do ensino secundário, 8 alunos universitários e 130 alunos do ensino secundário tiveram oportunidade de participar ativamente em atividades laboratoriais, workshops e palestras. “Homo numericus”, de cariz WIP, apela à relevância e relação dos números associados à vida humana, nos seus mais variados aspetos. Os cartazes que lhe estão associados permitem a interação com “manuseáveis” criados para o efeito. Pretende-se oferecer “menus” de cartazes, manuseáveis & atividades, adaptáveis aos objetivos diversos de quem os solicita. O conjunto já foi disponibilizado a 5 colégios e escolas, interagindo com cerca de 600 alunos de diferentes níveis de escolaridade e professores de diversas áreas científicas Na tentativa de chegar a um público ainda mais diversificado e no âmbito de um estágio de mestrado em comunicação de ciência no STOL, nasceu a coluna “Aqui há Ciência!” que já conta 9 artigos no jornal “Diário do Minho”. Quinzenalmente, esta publicação pretende apresentar, de modo informal e apelativo, a ciência do dia a dia. Em parceria com a fábrica de chocolates AVianense, que comemora um século em 2014, o STOL está a divulgar informação científica sobre o chocolate em folhetos criados para as suas embalagens. Preveem-se ainda atividades de informação/divulgação dirigidas aos comerciantes e representantes de lojas nacionais e internacionais. No conjunto atingir-se-ão consumidores e vendedores, público não especializado e público com formação na área. Nesta comunicação pretende-se dar a conhecer algumas atividades do STOL, refletindo e avaliando os tipos e modos de intervenção que tem usado para melhorar as suas estratégias de comunicação.
TypePoster
URIhttp://hdl.handle.net/1822/53873
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:DBio - Comunicações/Communications in Congresses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CARTAZ STOL E2.pdf405,23 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID