Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/53133

TitleAprender história através da exploração do património local como recurso didático: uma experiência em educação patrimonial com alunos do 5.º ano de escolaridade
Author(s)Almeida, Érica
Solé, Maria Glória Parra Santos
KeywordsEducação patrimonial
Fontes patrimoniais
Significância e evidência histórica
História local
Visita de estudo
Issue date2016
PublisherUniversidade de Santiago de Compostela. Red 14
CitationAlmeida, E & Solé, G. (2016). Aprender história através da exploração do património local como recurso didático: uma experiência em educação patrimonial com alunos do 5.º ano de escolaridade. In Ramón López Facal (ed.), Livro de actas del VII Simpósio Internacional de Ciencias Sociales, educación y futuro. Investigaciones en Didática e las Ciencias Sociales. Santiago de Compostela: Red 14-Universidade de Santiago de Compostela, pp.534-551.
Abstract(s)Esta comunicação visa apresentar um estudo que foi desenvolvido em contexto de intervenção pedagógica supervisionada no âmbito do mestrado em Ensino do 1.º e 2.º Ciclo do Ensino Básico, pela Universidade do Minho, implementado numa turma de 25 alunos do 2.º Ciclo do Ensino Básico do 5.ºano de escolaridade (com idades compreendidas entre os 10 e os 11 anos de idade). A investigação debruçou-se sobre o estudo do património histórico de Braga, procurando averiguar em que medida a exploração sistemática e fundamentada do património local (em concreto de fontes patrimoniais imóveis e móveis) poderá constituir uma estratégia pedagógica para a construção do conhecimento histórico no ensino básico. Neste sentido, formularam-se as seguintes questões de investigação: “Quais as potencialidades do estudo do património histórico como estratégia pedagógica para a construção do conhecimento histórico?”, “Que conhecimentos os alunos constroem a partir do estudo do património histórico local?” e “Que fontes os alunos consideram mais relevantes e valorizam no estudo da História Local?”. Esta estratégia foi desenvolvida e implementada segundo uma abordagem construtivista, operacionalizada no modelo de aula oficina. Em contexto de visita de estudo, os alunos exploraram diversas fontes patrimoniais, nomeadamente, na Sé de Braga a pia batismal, a abóbada de Cruzaria e a cruz da primeira missa no Brasil celebrada aquando da chegada de Pedro Álvares Cabral (património móvel que se encontra no Museu Tesouro da Sé de Braga), e ainda um monumento classificado como património nacional, a Casa dos Coimbrãs, património histórico bracarense relacionado com a temática em estudo (Portugal nos séculos XV/XVI e o estilo Manuelino). Tendo como pressupostos a relevância do contacto direto com fontes patrimoniais para o conhecimento, consciencialização e valorização do património local, para a concretização desta estratégia foram previamente construídos vários instrumentos (como fichas de trabalho e um guião de visita), suportes materiais áudios com informações pertinentes acerca dos vários locais a visitar e um jogo didático-pedagógico com vista à sistematização, consolidação e avaliação dos conhecimentos dos alunos na fase final do estudo. A partir da recolha, análise indutiva dos dados e sua categorização, tendo por base a metodologia da Grounded Theory, foi possível averiguar as conceções que os alunos possuem acerca do património histórico e patrimonial de Braga, quais as inferências e deduções que os alunos realizam tendo por base a evidência em contato direto com fontes patrimoniais em concomitância com o conhecimento histórico construído sobre a temática em estudo. Este projeto permitiu evidenciar que estes alunos apresentam nas suas respostas vários níveis de progressão do seu pensamento histórico tendo por base a evidência e a significância histórica, destacando assim, o desenvolvimento de uma consciência histórica e patrimonial de interesse turístico (como veículo de atração turística), de um passado monumental, de um passado simbólico e da relação passado-presente.
This Communication aims to present a study developed in the context of pedagogical intervention supervised within Master in Education 1st and 2nd cycle of Basic Education, at University of Minho, and implemented in a 2nd Cycle class of 25 students of 5th grade (ages between 10 and 11 years). The research has focused on Braga's historic heritage, try to find out how systematic exploitation and founded of the local heritage (specifically monuments and mobile sources - tangible assets cultural heritage) could be a valid pedagogical strategy for the construction of historical knowledge for basic education. Therefore were formulated the following research questions: "What are the strengths of historical heritage’s study as a pedagogical strategy for the construction of historical knowledge?", "What knowledge students build from the study of the local historical heritage?" and "What are the sources which students consider most relevant and value in local history’s study?”. This strategy was developed and implemented according to a constructivist approach and operationalized in workshop class model. With a school trip as a context, the students explored various heritage sources, namely in Braga’s Cathedral, the baptismal font, the dome cross and the cross used during the first mass celebrated in Brazil after the arrival of Pedro Alvares Cabral (mobile heritage nowadays at the Treasury’s Museum of Braga’s Cathedral), and a monument classified as national heritage, Coimbras’s House (Braga’s heritage related to the topic under study: Portugal in the XV / XVI and Manuelino style). Taking for granted the importance of direct contact with heritage sources for knowledge, awareness and appreciation of local heritage, for the implementation of this strategy several instruments were previously built (such as worksheets and a school visit’s guideline), audio material supports with pertinent information about the places to visit and a didactic-pedagogic game for the systematization, consolidation and assessment of knowledge by students in study’s last phase. From the data collection, inductive analysis and categorization, based on Grounded Theory’s methodology, was possible to found out which conceptions the students have about historical and patrimonial Braga’s heritage, which inferences and deductions are performed by students starting from direct contact’s evidence with heritage sources and simultaneously evaluate the historical knowledge built on the studied subject. This project showed that these students have in their responses various levels of progression of their historical thinking based on the evidence and historical significance, highlighting the development of a historical and heritage awareness of tourist interest (as a tourist attraction point), a monumental past, a symbolic past and past-present relationship.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/53133
Publisher versionhttp://docs.wixstatic.com/ugd/79b507_b442e42c951f4ba68cd44babe07b03ee.pdf
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Textos em volumes de atas de encontros científicos nacionais e internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Érica almeida & Glória Solé- Simpósio CS- Libro_Actas.pdf1,93 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID