Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/52369

TítuloO brincar na infância é um assunto sério ...
Autor(es)Sarmento, Teresa
Ferreira, Maria Clara
Palavras-chaveCrianças
Brincar
Voz
Data2017
EditoraPorto Editora
Resumo(s)Muitas crianças passam, atualmente, a maior parte do seu tempo ativo entre contextos formalmente educativos – jardins-de-infância, escolas, atls -, onde o brincar pode estar mais ou menos presente. No presente artigo, pretendemos perceber os significados que as crianças atribuem às atividades propostas nestes contextos, bem como conhecer como as mesmas usufruem do seu direito de brincar. Temos como princípio o reconhecimento das crianças como atores sociais, sujeitos de direitos, entre eles, o direito à participação em assuntos que lhes digam diretamente respeito, a assuntos de seu interesse, nomeadamente, o direito ao brincar. Nesse sentido, decidimos ouvir e observar um grupo de crianças que frequentam diariamente dois contextos diferentes: um jardim-de-infância e um Centro de Atividades Tempos Livres; ou seja, terminado o tempo de funcionamento de um, as crianças são deslocadas para o outro onde estão uma média de três horas diárias. Por fim, propomos uma reflexão sobre a seriedade com que o brincar precisa de ser encarado.
TipobookPart
URIhttp://hdl.handle.net/1822/52369
ISBN9789720344731
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CIEC - Livros e Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O BRINCAR NA INFÂNCIA É UM ASSUNTO SÉRIO....pdf5,84 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis