Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/52331

TítuloOs Centros de Dia como promotores do envelhecimento ativo
Outro(s) título(s)The Day-Care Centres for the elderly as promoters of active aging
Autor(es)Moreira, Regina da Conceição Alves da Rocha
Orientador(es)Machado, José Cunha
Palavras-chaveEnvelhecimento
Envelhecimento ativo
Centro de Dia
Aging
Active aging
Day-Care Centre for the elderly
Data2017
Resumo(s)Devido às alterações demográficas verificadas nas últimas décadas assiste-se a um envelhecimento quer no topo quer na base da pirâmide etária, surgindo assim a necessidade de respostas sociais. Em pleno século XXI, o envelhecimento da população portuguesa é uma realidade cada vez mais acentuada, que tem vindo a ser alvo de atenção na nossa sociedade. É precisamente esta amplificação do envelhecimento que tem vindo a desafiar não apenas governos, mas também famílias e profissionais, a encontrar ofertas que proporcionem condições de vida dignas e com qualidade, aos seus idosos. Assim, perante o envelhecimento da população, torna-se premente que as sociedades criem condições que permitam um envelhecimento saudável e com qualidade de vida aos idosos que, por diversos fatores, passam grande parte do dia entregues aos cuidados de uma instituição que não a sua família. A integração dos idosos nos centros de dia tornou-se uma alternativa à institucionalização, permitindo esta que o idoso possa continuar a habitar a sua casa, a manter o seu relacionamento com pessoas significativas, criando-se assim condições para a sua participação na vida da comunidade em que está inserido. Neste trabalho teve-se em conta o centro de dia como resposta social. Os centros de dia mais não são que estruturas semi-institucionalizadas e que têm como objetivo a prestação de um conjunto de serviços que contribuem para a manutenção dos idosos no seu meio sociofamiliar.
Due to the demographic alterations that have been verified over the past decades we are now facing an aging in both at the bottom and at the top of the age pyramid, making social responses necessary. In the 21 century, the aging of the Portuguese population has been such that it is now a st significant concern to our society. It is precisely this growth of aging population that has been challenging not only governments but also families and professionals to find solutions that provide better life standards to their elderly ones. This way, it becomes urgent that societies create conditions that promote healthy aging and better life standards to the elderly who, for several reasons, spend most of the day under the care of an institution which is not their family. The integration of the elderly in the day-care centres has become an alternative to institutionalization, allowing the elderly to continue to live in their own homes and to keep their relationship with their loved ones and also creating conditions for better participation in the community of which they are part. In this work, the day-care centres for the elderly are considered as a social response. The day- care centres for the elderly are semi-institutionalized structures which aim is to provide the elderly with services that contribute to their permanence in the family environment.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Crime, Diferença e Desigualdade
URIhttp://hdl.handle.net/1822/52331
AcessoembargoedAccess (1 Year)
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Regina da Conceição Alves da Rocha Moreira.pdf433,84 kBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis