Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/51951

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSarmento, Teresapor
dc.date.accessioned2018-03-09T14:12:07Z-
dc.date.available2018-03-09T14:12:07Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.issn1516-6406-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1822/51951-
dc.description.abstractA formação de educadoras de infância foi desenvolvida, ao longo dos tempos, numa centralidade muito forte na criança, nas concepções construídas sobre e com as mesmas nos seus processos de aprendizagem e desenvolvimento, numa perspectiva de integração de saberes que são apropriados globalmente. Os contextos de formação inicial das educadoras de infância passaram de escolas normais ou magistérios para as instituições de ensino superior, tendo-se conseguido avançar, ao longo das últimas décadas, na perspectiva de um saber específico para trabalhar com as crianças pequenas. Ao mesmo tempo, à ação pedagógica das educadoras de infância, juntaram-se outras funções, sobretudo de âmbito organizacional, que obrigam a repensar a formação. Em termos globais, poderemos então dizer que à medida que se foram alargando as áreas de intervenção das educadoras de infância, assim se foi consolidando a importância da sua formação aprofundada, o que tenderá a facilitar o reconhecimento do seu estatuto profissional. No presente artigo tentaremos abordar a articulação da formação com as identidades profissionais dos professores de crianças pequenas, ou seja, das educadoras de infância (designação utilizada em Portugal) ou professoras de infantil (designação utilizada no Brasil), a partir de um olhar situado em Portugal.por
dc.description.sponsorshipCIEC - Centro de Investigação em Estudos da Criança, IE, UMinho (UI 317 da FCT), Portugalpor
dc.description.sponsorshipFundos Nacionais através da FCT (Fundação para a Ciência e a Tecnologia) e cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do COMPETE 2020 – Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI) com a referência POCI-01-0145-FEDER-007562por
dc.language.isoporpor
dc.relationinfo:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147313/PTpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectFormaçãopor
dc.subjectEducação de infânciapor
dc.subjectSaberes profissionaispor
dc.subjectIdentidades profissionaispor
dc.titleTempos de mudança na formação das educadoras de infânciapor
dc.typearticlepor
dc.peerreviewedyespor
degois.publication.firstPage67por
degois.publication.lastPage102por
degois.publication.issue1por
degois.publication.volume17por
dc.subject.fosCiências Sociais::Ciências da Educaçãopor
dc.description.publicationversioninfo:eu-repo/semantics/publishedVersionpor
sdum.journalEssentia: Revista de Cultura, Ciência e Tecnologiapor
Appears in Collections:CIEC - Artigos (Papers)


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID