Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/5191

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRibeiro, Daniel-
dc.contributor.authorMartins, Gilberto-
dc.contributor.authorRodrigues, A. C.-
dc.contributor.authorCunha, José Alberto Gomes da Costa e-
dc.contributor.authorBrito, A. G.-
dc.contributor.authorNogueira, R.-
dc.date.accessioned2006-07-03T12:54:16Z-
dc.date.available2006-07-03T12:54:16Z-
dc.date.issued2006-
dc.identifier.citationCONGRESSO DA ÁGUA, 8, Figueira da Foz, Portugal, 2006 – “Congresso da Água”. [Lisboa : Associação Portuguesa de Recursos Hídricos, 2006].eng
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1822/5191-
dc.description.abstractO presente estudo incide na modelação da remoção de nutrientes presentes em águas residuais domésticas por adsorção no solo e na avaliação do risco de contaminação de aquíferos por parte destes. Nesse sentido, desenvolveu-se um modelo matemático e efectuou-se a determinação experimental dos parâmetros que caracterizam as isotérmicas de adsorção dos iões nitrato, fosfato e amónio. Os resultados experimentais indicaram que o solo tem principalmente carga iónica positiva, visto que os iões de carga contrária (tais como o nitrato e fosfato) foram os que principalmente adsorveram. Os resultados da simulação demonstraram que o fosfato é totalmente adsorvido e que a concentração de nitrato e amónio na água intersticial, após o período de um ano, é de 0.250 mg/L e 0.023 mg/L respectivamente, a 2 m de profundidade. Em relação ao exercício de simulação, estudouse o efeito de uma sobrecarga de nutrientes assim como a possibilidade de ocorrer saturação da coluna de solo. No caso de ocorrer uma sobrecarga de nutrientes no solo proveniente da descarga de água residual com uma concentração até quatro vezes superior ao valor médio, verificou-se que a concentração do ião amónio foi a mais afectada, aumentando de 27 % a uma profundidade de 2 m e ao fim de um ano. Finalmente, os parâmetros das isotérmicas de adsorção (segundo os modelos de Freundlich e Langmuir) foram sujeitos a uma análise de sensibilidade, tendo-se comprovado que o modelo desenvolvido é extremamente sensível à constante α da isotérmica de Freundlich.eng
dc.language.isoporeng
dc.publisherAssociação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH)eng
dc.rightsopenAccesseng
dc.subjectReutilizaçãoeng
dc.subjectAdsorçãoeng
dc.subjectSoloseng
dc.subjectModelaçãoeng
dc.subjectNutrienteseng
dc.titleReutilização de águas residuais : modelação da adsorção de nutrientes no soloeng
dc.typeconferencePapereng
dc.peerreviewedyeseng
Appears in Collections:CEB - Artigos em Livros de Atas / Papers in Proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
APRH_168_Ribeiro[1].pdf703,2 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID