Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/51834

TitleCustos e benefícios de recordar em colaboração: breve revisão da literatura
Other titlesCosts and benefits of remembering in collaboration: a brief literature review
Author(s)Saraiva, Magda Catarina Gomes
Albuquerque, Pedro Barbas
Silva, Joana Rodrigues Arantes da
KeywordsCollaborative inhibition
Collaborative memory
Interference
Memory
Retention
Memória
Interferência
Retenção
Memória colaborativa
Inibição colaborativa
Issue date2016
PublisherUniversidade de Brasília. Instituto de Psicologia
JournalPsicologia: Teoria e Pesquisa
Abstract(s)After years of research on the functioning of human memory as an individual process of retention and retrieval of information, currently an increasing number of studies is appearing focused on the understanding of memory as a group process - collaborative memory. This paper aims, by means of a literature review, to summarize some of the most relevant issues raised about the study of collaborative memory. To accomplish this aim we present the most frequently used experimental paradigm in collaborative memory studies, as well the costs and benefits that arise from sharing and retrieving information in group. The redaction of this article has enabled us to conclude that despite the growing number of studies in this area there are still some gaps, particularly with regard to the production of false memories, and in relation to the actual practical implications of using this type of tasks.
Após anos de pesquisa sobre o funcionamento da memória humana como um processo de armazenamento e recordação individual de informação, surgem cada vez mais estudos focados na compreensão da memória como um processo também vivido em grupo: a memória colaborativa. Nesse sentido, o presente artigo pretendeu, através de uma revisão da literatura, sintetizar algumas das questões mais relevantes do estudo da memória colaborativa. Para tal, apresentamos o paradigma experimental mais usado nesse tipo de estudos, bem como os custos e benefícios que resultam da partilha e recordação de informação em grupo. A redação deste artigo permitiu-nos concluir que, apesar do número crescente de estudos nessa área, ainda existem algumas lacunas, nomeadamente no que se refere à produção de falsas memórias, bem como acerca da real implicação prática do uso de diferentes tarefas de memória.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/51834
DOI10.1590/0102-37722016012913017023
ISSN0102-3772
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
16 SARAIVA, ALBUQUERQUE & ARANTES (2016) - PSIC TEORIA & PESQUISA.pdf311,42 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID