Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/51478

TitleEstudo do ruído num hospital distrital
Other titlesNoise analysis in a district hospital
Author(s)Magalhães, J.
Faria, Alexandra
Lavado, J.
Marinho, B.
Ribeiro, D.
Silva, B.
Silva, J.
Arezes, P.
Costa, Nélson Bruno Martins Marques da
KeywordsRuído
Hospital
Protecção Auditiva
Noise
Hearing Protection
Issue dateFeb-2010
PublisherSociedade Portuguesa de Segurança e Higiene Ocupacionais (SPOSHO)
Abstract(s)O bem-estar dos funcionários no ambiente de trabalho é fundamental para que estes procedam à realização das suas actividades, sem colocarem em risco o factor saúde. Este artigo incide na avaliação do factor de risco que é o ruído, englobando cinco postos de trabalho inseridos no bloco operatório do Hospital de S. Marcos, em Braga. O estudo debruça-se na análise do ruído, motivado pelo facto dos responsáveis do Departamento de Riscos do Hospital terem recebido queixas por parte dos colaboradores, após a adopção de medidas de protecção individual. Procede-se, desta forma, ao estudo do local de trabalho, em que se realiza a recolha de duas medições da pressão sonora, em datas e horas diferentes de forma a obter uma amostra mais representativa do funcionamento destes serviços. Na análise dos resultados, tendo em conta o valor limite de Exposição Pessoal Diária (87 dB (A)), permitido pela lei portuguesa (DR 182/2006), denotase a existência de não cumprimento do previsto neste diploma legal. O valor referido é ultrapassado pela utilização de uma pistola de ar comprimido na secagem do material. Sem alternativa de alteração do equipamento, será importante estudar as características dos protectores auditivos implementados, de forma a verificar se estes não influenciam a capacidade auditiva dos seus utilizadores e se os protegem da exposição a que estão sujeitos. Através de dados fornecidos pelo fabricante dos protectores auditivos verifica-se que estes são adequados aos níveis de ruído existentes, protegendo desta forma os utilizadores expostos ao ruído.
The well-being of employees in the workplace is crucial to their ability to carry out their daily activities without putting at risk their health. The focal point of this article was the assessment workers noise exposure, in five workplaces including the operating room of the Hospital S. Marcos, Braga. It focuses on the analysis of noise exposure due to the existence of some complaints from workers who have to use personal protective equipments. Accordingly, the study included the assessment of noise exposure using two measurements of sound pressure level at different dates and times, in order to obtain a larger sample. In the analyses of the results, and taking into account the limits for Daily Personal Exposure (87 dB (A)) allowed by Portuguese law (DR 182/2006), it was possible to notice that the workers exposure is high than the defined in the legislation. It appears that this value is exceeded due to the use of a compressed air gun used for drying the material. With no other options to change the equipment, it is very important to study the characteristics of hearing protection devices, in order to check if the devices do not affect workers’ hearing ability and if they protect workers from noise exposure. Using data supplied by the manufacturer of hearing protectors it appears that these are appropriate to the considered noise levels, thereby protecting users exposed to noise.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/51478
ISBN978-972-99504-6-9
Peer-Reviewedyes
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:CAlg - Artigos em livros de atas/Papers in proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_Final_SHO2010.pdf
  Restricted access
213,06 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID