Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/51214

TitleEducar para a autonomia de vida: uma intervenção com crianças/jovens institucionalizados
Author(s)Antunes, Maria da Conceição Pinto
Correia, Liliana Filipa Lopes
KeywordsJovens institucionalizados
Intervenção socioeducativa
Autonomia
Institutionalized young people
Socioeducative intervention
Autonomy
Issue dateDec-2016
PublisherSociedade Portuguesa de Ciências da Educação (SPCE)
Abstract(s)Propósito: este projeto resultou de um trabalho de investigação/intervenção com jovens em situação residencial de acolhimento institucional, com idades compreendidas entre os 13 e os 17 anos, cuja finalidade se centrou na promoção da autonomia em contexto institucional através da aquisição de competências pessoais, sociais e funcionais visando um desenvolvimento integral. Métodos: a nossa intervenção desenvolveu-se no âmbito do paradigma interpretativo/ hermenêutico recorrendo à metodologia de investigação-ação participativa e técnicas de animação sociocultural, enquanto metodologia de intervenção educativa que promove a implicação e participação ativa dos participantes através de métodos e técnicas ativas. Utilizaram-se técnicas de recolha de dados predominantemente qualitativas, embora os dados quantitativos não tenham sido descurados O projeto desenvolveu-se com base na implementação de quatro Ateliers (Gestão Doméstica; Cinema; Jogos Lúdico-Pedagógicos e Acompanhamento) com o objetivo de desenvolver competências ao nível da aprendizagem e estudo, da autonomia funcional, pessoal e relacional. Resultados: a intervenção teve resultados positivos dado que na avaliação final do projeto, quer os participantes, quer os técnicos apontaram uma melhoria significativa nos comportamentos e atitudes dos jovens; melhor relacionamento entre pares e com os profissionais; maior sentido de responsabilidade e melhor preparação para uma vida autónoma. Conclusões: este projeto evidenciou a importância da animação sociocultural como intervenção socioeducativa promotora da consciencialização dos problemas e da capacitação para os resolver, fazendo dos participantes os agentes ativos ou protagonistas da trans(formação) das suas condições de vida.
Purpose: this project resulted from a research / intervention work developed with young people in situation of institutional care, aged between 13 and 17 years. It aimed to promote autonomy in institutional context through the acquisition of personal, social and functional skills aiming at a integral development. Methods: using the interpretive-hermeneutic paradigm, it was developed a participatory actionresearch approach using the sociocultural animation techniques, methodologies that usually foster motivation and participation on the target population. Based on the interests, needs and potential of the participants four workshops were developed: (Household management; Cinema; Ludic and educational games and Accompaniment) with the aim of developing skills in the learning and study, functional, personal and relational autonomy. Results: the intervention had positive results as the final evaluation revealed; either the participants or the technicians pointed a significant improvement in behavior and attitudes of young people; better relationship between peers and professionals; greater sense of responsibility and better preparation for independent living. Conclusions: this project highlighted the importance of social and cultural activities as socioeducative intervention promoter awareness of the problems and empowerment to address them by making participants active agents or protagonists of the transformation of their living conditions.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/51214
ISBN978-989-96261-6-4
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Textos em volumes de atas de encontros científicos nacionais e internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Livro de Atas XIII Congresso SPCE 2016.pdf910,09 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID