Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/50875

TitleManaging the academic profession: academic career, organizational work, and staff development at the National University of Laos
Author(s)Soulignavong, Latsanyphone
Advisor(s)Lima, Licínio C.
KeywordsAcademic profession
Academic career
Organizational work
Staff development
Profissão académica
Carreira académica
Trabalho organizacional
Desenvolvimento de funcionários
Issue date22-Nov-2017
Abstract(s)This qualitative case study is aimed at investigating the issues concerning the academic profession at the National University of Laos (NUOL), which consists of the academic career, the organizational work, and staff development. The literature of academic profession, academic roles, the survey of academic profession, academic career, educational management, organizational models (bureaucratic model, collegial model, political model and organized anarchy model), human resources management models (Harvard model, Michigan model and Guest model), staff development models and approaches are reviewed and applied throughout this study. The data was gathered qualitatively through the questionnaire, semi-structured interviews, and documents from four faculties: Faculty of Language Education, Faculty of Economic and Business Management, Faculty of Natural Sciences and Faculty of Architecture at the NUOL. It was found that the NUOL academics have four main roles: teaching, administration, research and service. They spend more than 50% of their working time with teaching. Then they have to deal with the administrative work. Research comes third. There are several problems in order to obtain academic positions and they believe that academic positions are less important than the administrative positions due to several reasons. Although, academics complain about the working conditions, low salary, and inadequate budgets for doing research and others, they still want to continue doing this job because they love their jobs. Academics do not seem to know much about the related rules and regulations of the academics, they just follow others. The NUOL academics were managed by combining four organizational models (bureaucratic, collegial, political, and organized anarchy models). For the power of the decision-making is in the head of the higher administrators, the academic are just followers. Moreover, there were various problems in management, for example, the ineffective transferring of information. This could bring negative effects on human resources development as well as the management in general. There are ineffective ways of providing rewards because of the unclear and inappropriate criteria. Staff development plans are unrealistic and do not match the needs of the academic staff.
Este estudo de caso qualitativo pretende investigar os problemas inerentes à profissão académica na Universidade Nacional de Laos (NUOL), nomeadamente sobre a carreira académica, o trabalho organizacional, e o desenvolvimento dos funcionários. Ao longo deste estudo, são revistos e aplicados a literatura da profissão académica, as funções dos académicos, um inquérito da profissão académica, a carreira académica, a gestão da educação, os modelos organizacionais (modelos burocrático, colegial, político e de anarquia organizada), modelos de gestão de recursos humanos (modelos de Harvard, Michigan e Guest), bem como modelos e abordagens de desenvolvimento de funcionários. Os dados foram recolhidos qualitativamente através da realização de questionários e de entrevistas semiestruturadas, e a partir da análise documentos de quatro faculdades da NUOL: Faculdade de Educação Linguística, Faculdade de Economia e Gestão, Faculdade de Ciências Naturais e Faculdade de Arquitetura. Foi revelado que os académicos da NUOL possuem quatro funções principais: ensino, administração, investigação e serviço. Mais de 50% do seu tempo de trabalho é ocupado em ensino. De seguida, têm de fazer trabalho administrativo. A investigação surge em terceiro. Há vários problemas na obtenção de posições académicas, e os académicos acreditam que, por motivos diversos, tais posições são menos importantes do que as posições administrativas. Apesar de os académicos se queixarem das condições de trabalho, do baixo salário, e dos orçamentos insuficientes para a investigação, manifestam a vontade de permanecer nos seus empregos, pois é a sua paixão. Os académicos não parecem estar muito a par das leis e regulamentos relacionados com a sua profissão, seguindo apenas os outros. A gestão dos académicos da NUOL foi feita através da combinação de quatro modelos organizacionais (burocrático, colegial, político e de anarquia organizada). Uma vez que o poder e a tomada de decisão recaem sobre o diretor das unidades de administração hierarquicamente superiores, os académicos são apenas seguidores. Além disso, foram encontrados vários problemas na gestão, por exemplo, na comunicação ineficaz da informação. Este fator pode causar efeitos negativos no desenvolvimento dos recursos humanos e na gestão em geral. Também se assinala ineficiência na distribuição de recompensas, devido a critérios pouco claros e inadequados. Os planos de desenvolvimento de funcionários não são realísticos e não se adequam às necessidades dos funcionários da academia.
TypedoctoralThesis
DescriptionTese de Doutoramento em Educação (especialidade em Organização e Administração Escolar)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/50875
AccessrestrictedAccess
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Latsanyphone Soulignavong.pdf10,82 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis