Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/50340

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMendes, Maria Goretipor
dc.date.accessioned2018-02-12T11:14:28Z-
dc.date.available2018-02-12T11:14:28Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.isbn978-84-946590-1-0por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1822/50340-
dc.description.abstractApesar do caminho percorrido, a parceria de cuidados em pediatria continua a ser hoje um foco de atenção, constituindo um desafio para os enfermeiros que se preocupam com a saúde e o bem-estar das crianças, dos jovens e das famílias. Depois de analisada a natureza da “parceria de cuidados em uso” no contexto pediátrico e de constatar-se uma realidade ainda a ser trabalhada, desenhar um modelo de (re)construção dos cuidados em parceria, no contexto pediátrico, constituiu-se o objetivo deste estudo. Estudo de natureza qualitativa, assente nos referenciais teórico-metodológicos do interaccionismo simbólico e da grounded theory. Fizeram parte da amostra 12 enfermeiros da unidade de pediatria e 18 mães/pais presentes em tempo integral no internamento com o filho. A investigação foi centrada no contexto natural de ação dos enfermeiros, particularmente no contexto das interações com os pais presentes. Os dados, colhidos através de entrevistas semiestruturadas gravadas e através da observação participante, foram submetidos à análise de conteúdo através do recurso ao software NVivo 8. A análise efetuada centrada em dois níveis, nas realidades discursivas e nas realidades observadas, permitiu concretizar um conjunto de considerações, de índole reflexiva e prática, para a (re) construção dos cuidados em parceria. A partir dos pressupostos, “envolvimento dos pais no processo de cuidados” e “qualidade e ganhos em saúde” e com base nos princípios enunciados e na identificação de fragilidades no processo negocial, foi definida a estrutura do modelo explicativo, pela integração de propostas potencialmente mobilizadoras da parceria efetiva. Assente na valorização das dimensões que a caracterizam, o modelo criado evidencia a dinâmica do desenvolvimento dos cuidados de enfermagem em parceria com os pais, no contexto pediátrico. Pretende-se com este modelo estimular a discussão e despertar para uma reflexão sobre como se pode fazer melhor numa área que se afigura como central no cuidado pediátrico.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectCuidarpor
dc.subjectEnfermagempor
dc.subjectPediatriapor
dc.subjectParceria de cuidadospor
dc.subjectModelopor
dc.title(Re)configuração do cuidar em parceria no contexto pediátrico um modelo explicativopor
dc.typeconferenceAbstractpor
dc.peerreviewedyespor
oaire.citationConferenceDate27 Out. 2017por
sdum.event.titleCongreso para la Difusión de la Producción Científica e Innovadorapor
sdum.event.typecongresspor
oaire.citationStartPage1por
oaire.citationConferencePlaceMadrid, Espanhapor
dc.subject.fosCiências Médicas::Ciências da Saúdepor
dc.description.publicationversioninfo:eu-repo/semantics/publishedVersionpor
Appears in Collections:ESE-CIE - Comunicações / Communications

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
(Re)configuração do cuidar em parceria no contexto pediátrico um modelo explicativo.pdf244,93 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID