Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/49273

TitleQualidade de Vida em Mulheres na Menopausa
Other titlesQuality of life in menopausal women
Author(s)Jorge, Iolanda Fátima Fernandes
Advisor(s)Pereira, M. Graça
KeywordsMenopausa
Satisfação conjugal
Representações
Distress
Qualidade de vida
Menopause
Marital satisfaction
Representations
Quality of life
Issue date9-Jun-2017
Abstract(s)Este estudo analisou a relação de variáveis psicológicas, clínicas e sociodemográficas na qualidade de vida das mulheres em menopausa; as diferenças na qualidade de vida em função da realização de terapêutica hormonal; e o papel moderador da satisfação conjugal e da idade de início da menopausa na relação entre morbilidade e qualidade de vida. O estudo inclui 100 mulheres em menopausa há pelo menos um ano. Os resultados indicaram que menos morbilidade, menos representações negativas, mais representações positivas e mais satisfação conjugal e sexual estavam associados a maior qualidade de vida. Não se verificou diferenças em função da realização de terapêutica hormonal na qualidade de vida. As representações negativas, menos satisfação conjugal, morbilidade psicológica e a menor duração da menopausa foram contribuíram para uma pior qualidade de vida. A idade do diagnóstico e satisfação conjugal foram moderadoras nas relações entre sintomatologia depressiva/morbilidade e a qualidade de vida física/sexual, respetivamente. Os resultados sugerem que a intervenção deve focar-se na morbilidade psicológica e representações da menopausa particularmente antes ou aquando do diagnóstico da menopausa.
This study analyzed the relationship of psychological, clinical and sociodemographic variables on quality of life in menopausal women; differences in quality of life due to hormonal therapy; and if marital satisfaction and age of menopausal diagnosis had a moderating role in the relationship between morbidity and quality of life. A total of 100 women in menopause for at least one year participated in the study. Results suggested that less morbidity, less negative representations, more positive representations and more marital and sexual satisfaction were associated to a higher quality of life level. There were no differences regarding the use of hormonal therapy. Negative representations, lower marital satisfaction, psychological morbidity and shorter duration of menopause contributed to a lower quality of life. The age of diagnosis and marital satisfaction had a moderating role in the relations between depressive symptomatology/morbidity and physical/sexual quality of life respectively. Results suggest that interventions should take into account psychological morbidity and representations about menopause particularly before or at the time of the diagnosis of menopause.
TypemasterThesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Clínica e da Saúde)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/49273
AccessrestrictedAccess
Appears in Collections:CIPsi - Dissertações de Mestrado
BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Iolanda Fátima Fernandes Jorge.pdfTese2,38 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis