Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/48354

TítuloAvaliação da sustentabilidade das operações de reabilitação urbana
Autor(es)Bragança, L.
Mateus, Ricardo
Palavras-chaveAvaliação da sustentabilidade
Desenvolvimento de um novo método
Sustentabilidade urbana
DataNov-2017
EditoraiiSBE Portugal
CitaçãoBragança L., Mateus R. Avaliação da Sustentabilidade das Operações de Reabilitação Urbana, II Encontro Nacional Sobre Reabilitação Urbana e Construção Sustentável, pp. 21-30, 978-989-96543-9-6, 2017
Resumo(s)Existe uma grande diversidade de razões que fazem com que a reabilitação urbana seja importante, necessária e, em muitos casos, urgente. Para o efeito, podem-se citar vários exemplos como a renovação do parque habitacional degradado, o aumento da eficiência energética, a preservação do património histórico, a criação de zonas verdes e de zonas de lazer, a melhoria da mobilidade urbana, etc. Qualquer que seja o motivo para se realizarem operações de reabilitação urbana e quaisquer que sejam essas operações de reabilitação, atualmente, a melhoria da sustentabilidade é um dos principais aspetos a ter em consideração uma vez que o ambiente construído é responsável por inúmeros impactos (ambientais, sociais e económicos) que influenciam direta ou indiretamente a qualidade de vida da população urbana. Este artigo tem por objetivo apresentar um método de apoio à tomada de decisões flexível, passível de ser adequado à realidade local, que tem em conta as razões que tornam necessárias as operações de reabilitação urbana, baseado nos princípios do desenvolvimento sustentável. Para desenvolver o referido método de apoio à tomada de decisões foram tidos em consideração os trabalhos propostos pelos diversos organismos internacionais e, em especial, as recentes normas ISO sobre o desenvolvimento sustentável de comunidades urbanas. Além disso, este novo método de apoio à tomada de decisões baseia-se, também, na adaptação à reabilitação urbana da Metodologia de Avaliação Relativa da Sustentabilidade de Soluções Construtivas (MARS-SC), previamente desenvolvida pelos autores, a qual tem demonstrado ser um instrumento muito útil e versátil na seleção de soluções construtivas sustentáveis, de elevado desempenho e de baixo custo, quando considerado o ciclo de vida. Da análise acima referida e da adaptação da metodologia MARS-SC à reabilitação urbana resultou um novo instrumento de apoio à tomada de decisões que foi designado por Metodologia para a Avaliação Relativa da Sustentabilidade das Operações de Reabilitação Urbana (MARS-ORU). Os resultados obtidos permitem concluir que a metodologia MARS-ORU pode constituir um poderoso instrumento de apoio à tomada de decisões relativamente ao planeamento e gestão das operações de reabilitação urbana que tenham como objetivo a melhoria da sustentabilidade urbana e, consequentemente, da qualidade de vida das populações.
TipoconferencePaper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48354
ISBN978-989-96543-9-6
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:C-TAC - Comunicações a Conferências Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2763-LBraganca_RMateus_IIENRUCS.pdf690,88 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis