Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/48307

TitleElementary school students' attitudes towards gypsy people: school-based video training to increase knowledge and decrease stigma
Other titlesAtitudes de alunos do ensino básico acerca da etnia cigana: uma intervenção escolar através de um vídeo para e aumentar o conhecimento e diminuir o estigma
Author(s)Pereira, Beatriz Neves
Advisor(s)Rosário, Pedro
Magalhães, Paula
KeywordsEtnia Cigana
Inclusão escolar
Curta-intervenção
Ensino básico
Gypsy ethnicityl
School inclusion
Short-intervention
Elementary school
Issue date2017
Abstract(s)A taxa de abando escolar entre a etnia Cigana é elevada, sendo que diversos programas de intervenção têm sido desenvolvidos para alterar este cenário. Contudo, estes programas focam na adaptação da cultura Cigana à cultura dominante. Assim, estas intervenções não promovem uma mudança de atitudes da população dominante relativamente à população Cigana. O objetivo deste estudo é testar a eficácia de uma intervenção escolar com base num vídeo educativo de forma a aumentar o conhecimento e diminuir o estigma em relação à população Cigana, com o objetivo último de promover a sua inclusão. Foram recrutadas 34 turmas do 4.º e 5.º ano de escolaridade, totalizando 663 participantes. O préteste decorreu uma semana antes da intervenção, e o pós-teste imediatamente após a mesma. Para avaliar se as mudanças se mantêm ao longo do tempo, realizou-se um follow-up três meses após a intervenção. Os resultados indicam que as atitudes em relação à etnia Cigana melhoraram e a distância social diminuiu. Contudo, decorridos três meses da intervenção, as atitudes voltam a níveis semelhantes aos do pré-teste. Estes resultados sugerem que é importante dar continuidade a intervenções deste cariz de modo a que se possam manter os seus efeitos ao longo do tempo.
The rate of school dropout among Gypsy population is high and several intervention programs have been developed to change this scenario. However, the focus of these programs has been on the adaptation of the Gypsy culture to the dominant culture. Thus, these interventions do not promote a change of attitudes of the dominant population towards Gypsy people. The purpose of this study is to test the effectiveness of a school intervention based on an educational video to increase knowledge and decrease stigma towards Gypsy people, with the ultimate aim of promoting their inclusion. Thirty-four classes from the 4th and 5th grade were recruited, making a total of 663 participants. The pre-test took place one week before the intervention and the post-test immediately after the intervention. To evaluate if the changes are maintained over time, a follow-up was performed three months after the intervention. The results indicate that the attitudes towards Gypsy people become more positive and the social distance decreased. However, three months after the intervention the scores for the attitudes returned to the pre-test levels. These results suggest that it is important to continue the interventions of this kind so that their effects can be sustained over time.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48307
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Beatriz Neves Pereira.pdf2,39 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID