Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/48014

TitleJornalismo em Portugal: perigos e constrangimentos de uma nova realidade: um estudo de caso
Author(s)Pereira, Hugo Alexandre Morgadinho
Advisor(s)Fidalgo, Joaquim
KeywordsJornalistas
Democracia
Liberdade jornalística
Qualidade informativa
Concentração mediática
Fontes especializadas
Jornalismo online
Journalists
Democracy
Journalistic freedom
Information quality
Concentration of media ownership
Specialised sources
Online journalism
Issue date2017
Abstract(s)Tendo como ponto de partida um estágio no jornal Público, num momento marcado por uma certa instabilidade profissional, este relatório/dissertação sugere, de um modo geral, uma reflexão sobre as ameaças a que estão actualmente sujeitos os jornalistas no exercício da sua profissão. Num primeiro momento, faz-se o relato e análise – adoptando uma perspectiva autocrítica – de alguns episódios fundamentais dessa experiência. De seguida, partindo do pressuposto de que existem condições essenciais ao normal funcionamento da missão jornalística, procura-se estudar um conjunto de constrangimentos, resultantes de uma reconfiguração social recente, tentando perceber até que ponto poderão colocar em causa a qualidade e a liberdade jornalística e, numa perspectiva mais alargada, a estabilidade democrática. Falamos dos efeitos perversos da concentração de vários órgãos de comunicação social em grandes grupos económicos; das interferências das fontes de informação – cada vez mais profissionalizadas – no processo de construção da notícia; e das dificuldades associadas à migração do jornalismo para a esfera online. Para finalizar, procurando perceber até que ponto se verificam efectivamente estas ameaças no interior das redacções, investiga-se o caso do Público, almejando uma visão mais nítida sobre a actual paisagem jornalística portuguesa.
Based on a traineeship at the Público newspaper during a period marked by a certain instability within the profession, this dissertation/report offers a general reflection on the threats currently faced by journalists in the course of their profession. It starts with an account and analysis – adopting a self-critical stance – of some essential episodes during that experience. On the assumption that essential conditions were in place for the normal functioning of journalism, a number of constraints arising out of recent reconfigurations of society were studied, in order to understand the extent to which they may affect the quality and freedom of journalism and, from a broader perspective, democratic stability. Issues addressed include the perverse effects of concentration of media ownership by major economic groups; the interference by – increasingly professionalised – information sources in the process of constructing news; and the difficulties associated with the migration of journalism to the internet. Finally, in order to understand to what extent these threats are effectively felt by newspaper staff, the case of Público was studied, for a clearer view of the current situation of journalism in Portugal.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em Informação e Jornalismo)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48014
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Hugo Alexandre Morgadinho Pereira.pdf1,29 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID