Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/46816

TitleQualidade de vida em cuidadores de pacientes com mieloma múltiplo
Other titlesQuality of life in caregivers of patients with multiple myeloma
Author(s)Pinheiro, Marisa Cristina Rodrigues
Advisor(s)Pereira, M. Graça
KeywordsCuidadores
Mieloma múltiplo
Necessidades não atendidas
Qualidade de vida
Caregivers
Multiple myeloma
Unmet needs
Quality of life
Issue date2017
Abstract(s)O Mieloma Múltiplo é uma doença crónica, progressiva e incapacitante, o que implica a presença de um cuidador. Este estudo avaliou o modo como as variáveis sociodemográficas, clínicas e psicológicas influenciam e moderam a qualidade de vida dos cuidadores. No total, 50 participantes completaram questionários relativos à morbilidade psicológica, espiritualidade, suporte social, sobrecarga, coping, necessidades e qualidade de vida. Os resultados indicaram que idade avançada do doente e ser cuidador do sexo feminino esteve associado a melhor QV dos cuidadores. Cuidadores com necessidades emocionais não atendidas, maior sobrecarga e maior morbilidade psicológica apresentam pior qualidade de vida. A idade do doente foi moderador da relação entre as necessidades emocionais e qualidade de vida do cuidador. Estes resultados enfatizam a necessidade de intervir nesta população, particularmente ao nível das necessidades não atendidas, no sentido de diminuir a morbilidade psicológica e a sobrecarga e promover a Qualidade de Vida.
Multiple Myeloma is a chronic, progressive and disabling disease, which implies the presence of a caregiver. This study evaluated the way that socio-demographic, clinical and psychological variables influence and moderate the quality of life of caregivers. In total, 50 participants completed questionnaires related to psychological morbidity, spirituality, social support, overload, coping, needs and quality of life. The results indicated that age of the patient and being a female caregiver was associated with the best QoL of caregivers. Caregivers with unmet emotional needs, increased overhead and increased psychological morbidity have a worse quality of life. Patient age was moderator of the relationship between the emotional needs and quality of life of the caregiver. These results emphasize the need to intervene in this population, particularly at the level of unmet needs, in order to reduce psychological morbidity and overload by promoting Quality of Life.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Psicologia Aplicada
URIhttp://hdl.handle.net/1822/46816
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CIPsi - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marisa Cristina Rodrigues Pinheiro.pdf.pdf
  Restricted access
2,32 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID