Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/46737

TitlePetisco contínuo em crianças: variáveis da criança e hábitos alimentares da família
Other titlesGrazing in children: children variables and family eating habits
Author(s)Pinheiro, Joana Raquel Sampaio
Advisor(s)Conceição, Eva Martins
Gonçalves, Sónia
KeywordsPetisco contínuo
Comportamento alimentar
Percentil de IMC
Depressão
Práticas alimentares parentais
Grazing
Eating behaviour
BMI percentile
Depression
Parents feeding practices
Issue date2017
Abstract(s)O objetivo deste estudo é investigar se as características das crianças e os hábitos alimentares da família estão relacionados ou predizem o petisco contínuo. Participaram neste estudo 330 alunos do ensino básico e os seus pais. Os pais de cada aluno preenchiam os questionários que lhes eram destinados e auxiliavam os filhos no questionário que lhes era dirigido. Posteriormente a investigadora procedia à pesagem e medição de todas as crianças. O petisco contínuo está correlacionado com um percentil de IMC mais elevado, com piores hábitos alimentares nas crianças, com uma maior preocupação dos pais em relação ao peso dos filhos, com um maior controlo por parte dos pais em relação à alimentação dos filhos, com uma maior insatisfação com imagem corporal, e com um maior grau de depressão/ansiedade e isolamento. Todas as variáveis referidas anteriormente num modelo conjunto estão associados ao petisco contínuo, excepto o percentil de IMC, a preocupação dos pais em relação ao peso dos filhos e piores hábitos alimentares dos pais. Os resultados deste estudo são importantes no sentido de perceber quais as implicações que o estado psicológico das crianças e as atitudes parentais têm no comportamento alimentar das crianças, nomeadamente no petisco contínuo.
The aim of this study is investigate if children characteristics and family eating habits are related or predict grazing. Participated in this study 330 students of primary school and their parents. The parents of each student completed the questionnaires addressed to them and helped their children answer their questionnaire. Later, the researcher proceeded to weighing and measurement of all children. Grazing is correlated with highest BMI percentile, worst eating habits of children, more concern about child weight, more controllers feeding practices, more body image dissatisfaction, and more symptoms of depression/anxiety and isolation. All variables referred previously are significant associated to grazing when they are together in a model, excepted BMI percentile, concern about child weight and worst eating habits of parents. The results of this study are important in the sense that they provide an integration of different variables, explaining the implications that the psychological state of children and parental attitudes has in children eating behaviour, namely in grazing.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/46737
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
CIPsi - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Joana Raquel Sampaio Pinheiro.pdf
  Restricted access
375,81 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID