Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/46730

TitleAs principais barreiras à internacionalização que as PME do Norte de Portugal enfrentam: um estudo exploratório
Other titlesInternationalization of small and medium enterprises: the main barriers to internationalization that SMEs in Northern Portugal face
Author(s)Carneiro, Inês Guimarães Santoalha Ribeiro
Advisor(s)Crispim, José António Almeida
KeywordsPequenas e médias empresas
Internacionalização
Exportação
Barreiras
Small and medium-sized enterprises
Internationalization
Export
Barriers
PME
SMEs
Issue date12-Oct-2017
Abstract(s)A internacionalização das PME portuguesas, é cada vez mais fundamental para o seu crescimento, visto que, o mercado português muitas das vezes é pequeno para estas empresas se conseguirem manter sustentáveis. Ao longo do tempo, as PME têm tido mais destaque na nossa economia, visto que, a grande maioria das empresas portuguesas são deste tipo, fornecendo assim muitos postos de trabalho e um crescimento sustentável da nossa economia. Como tal, o objetivo deste estudo, foi tentar perceber quais são as dificuldades que as PME portuguesas enfrentam quando querem exportar o seu produto e de que modo estas as conseguem superar. A exportação foi a modo de internacionalização central deste trabalho, visto que é o método mais comum, utilizado por estas empresas. Para a realização deste trabalho de investigação utilizou-se a pesquisa qualitativa e efetuou-se um estudo exploratório, com a realização de entrevistas a 10 empresas do Norte de Portugal, nomeadamente do distrito de Braga e Porto. Com as entrevistas, tentou-se compreender o modo de atuação das empresas no mercado externo e se estas sentiam muitas barreiras. Constatou-se que apesar de as barreiras existirem e muitas das vezes em grande quantidade, não são um impedimento suficiente para as PME deixarem de exportar os seus produtos, visto que, arranjam sempre uma solução, mostrando assim que as PME do Norte de Portugal se encontram preparadas para realizarem as suas atividades no mercado internacional.
The internationalization of Portuguese SMEs is increasingly fundamental for their growth, since the Portuguese market is often too small for these companies to be able to remain sustainable. SMEs have been increasingly prominent in our economy, since most Portuguese companies are of this type, thus providing many jobs and a sustainable growth of our economy. As such, the objective of this study was to try to understand the difficulties that Portuguese SMEs face when they want to export their products and how they can overcome them. The export was the central mode of internationalization in this work, since it is the most common method used by these companies. To carry out this research, qualitative research was used and an exploratory study was carried out, with the interviews conducted with 10 companies from the North of Portugal, namely the district of Braga and Porto. With the interviews, we attempted to understand how companies operate in the foreign market and whether they experienced many barriers. It was found that although barriers existed and often in large numbers, they were not a sufficient impediment for SMEs to stop exporting their products, since they always found a solution, thus showing that they are prepared to carry out their activities in the international market.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Negócios Internacionais
URIhttp://hdl.handle.net/1822/46730
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Inês+Carneiro_2017.pdf1,43 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID