Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/46525

TitleUma triologia de escrita poética: visão e criação em Charlotte, Emily e Anne Brontë (1830-1850)
Other titlesA trilogy of poetic writing: vision and creation in Charlotte, Emily and Anne Brontë (1830-1850)
Author(s)Guimarães, Paula Alexandra
Advisor(s)Correia, Orlanda Marina Nobrega
Issue date3-Jul-2002
Abstract(s)This work aims at giving a combined image of the brontëan lyric, concerning mainly its visionary and creative aspects and the way in which they are respectively articulated in the poetry of personal, fictitious and mixed inspiration of each of the three sisters. It is an inductive and systematic reading, but also a very personal one, of the real and the imaginary poetic universes that Charlotte, Emily and Anne Brontë alternately inhabited and shared. It is, at the same time, a detailed description or ordering of the several narratives or stories that seem to underlie those universes. In fact, the 'angrian' and 'gondalian' fablings not only offer us the most dramatic and original sceneries of this lyric but, together with their fantastic characters, also embody the central metaphor of the woman poet’s vision and creation. The problems related to the poetic inspiration and the role of the feminine creative imagination emerge simultaneously in the more personal or autobiographical poetry. Therefore, the poetic trilogy of the Brontë sisters consists of a joint approach to a persistent thematic and mythic chain, starting in the juvenile (re)creation and ending only in death; this chain incorporates the recurrent metaphors of prison and exile – symbolic obstacles overcome only by the liberating forces of love, dreaming and, ultimately, death. In a first theoretical part, we try to define poetry and to trace the development of the concept of poetic(s), by joining in the original debate on the several theories of poetic art, as well as on the metaphors and myths that have always accompanied it. Amongst these, the concepts of vision and creation can be found, but they drag along other concepts still, such as those of imagination, dream and genius – aspects that, in their fabulatory and metaphorical senses, underlie the entire brontëan lyric. In a second part, we analyse the role of the woman poet and of her writing through a brief reference to the contribution of the feminist studies to a deeper knowledge of the themes, metaphors and poetic language of certain authors. Finally, as a starting point to the analysis of the poems of Charlotte, Emily and Anne Brontë, we investigate their short experience of life and the geographic and cultural atmosphere that gave origin to their work, giving a particular emphasis to the importance of the formative and creative years in the awakening of the poetic vein. Even if the central themes of the brontëan lyric may appear to us in many different fashions or disguises, they are almost always invariable or recurrent. Consequently, a structural approach, i.e. in organizational and relational terms, to each of the main features (fictitious, personal and hybrid) composing that chaotic but fascinating corpus, proved more profitable and revealing.
Este trabalho pretende dar uma imagem de conjunto da lírica brontëana no que respeita os seus aspectos visionários e criativos e o modo como eles se articulam respectivamente na poesia de inspiração pessoal, fictícia e mista de cada uma das três irmãs. Trata-se de uma leitura indutiva e sistemática, mas também muito pessoal, dos universos poéticos – reais e imaginários – que Charlotte, Emily e Anne Brontë alternadamente habitaram e partilharam e, ao mesmo tempo, de uma descrição ou ordenação detalhada das várias narrativas ou histórias que lhes estão subjacentes. De facto, a efabulação 'angriana' e 'gondaliana' oferece-nos os cenários mais dramáticos e originais desta lírica mas, juntamente com os seus personagens fantásticos, dá também corpo à metáfora central da visão e da criação das poetisas. Os problemas relacionados com a inspiração poética e o papel da imaginação criadora feminina vão surgindo de forma paralela na poesia de carácter mais pessoal ou autobiográfico. A trilogia poética destas irmãs consiste, assim, na abordagem conjunta de uma persistente cadeia temática e mítica que começa na (re)criação juvenil e só termina na morte, passando pelas metáforas recorrentes da prisão e do exílio, obstáculos simbólicos apenas ultrapassados pelos poderes libertadores do amor, do sonho e, em última instância, da morte. Numa primeira parte de âmbito teórico, procura-se definir poesia e traçar a evolução do conceito de poética, indo de encontro à origem do debate em torno das diversas teorizações sobre a arte poética, assim como das metáforas ou mitos a ela para sempre associados. Entre estes, encontram-se precisamente os conceitos de visão e de criação, que arrastam consigo outros ainda, como os de imaginação, sonho e génio – aspectos que, nas suas vertentes efabulatórias e metafóricas, subjazem a toda a lírica brontëana. Num segundo momento, analisa-se o estatuto da poetisa e da sua escrita através de uma breve referência ao contributo dos estudos feministas para um conhecimento mais aprofundado dos temas, das metáforas e da linguagem poética de certas autoras. E, finalmente, como ponto de partida para a análise dos poemas de Charlotte, Emily e Anne Brontë, investiga-se a curta vivência destas e todo o ambiente geográfico e cultural que lhes deu origem, com particular ênfase na importância dos anos formativos e criativos no despertar da veia poética. Dado que os temas-base da lírica brontëana são quase sempre os mesmos, embora sob roupagens ou disfarces muito diversos, mostrou-se bastante mais profícua e reveladora uma abordagem estrutural – organizativa e relacional – de cada uma das facetas (fictícia, pessoal e mista) de que se compõe esse corpus caótico, mas também fascinante.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento no ramo de Ciências da Literatura (área de conhecimento de Literatura Inglesa)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/46525
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
CEHUM - Teses de Doutoramento
ILCH - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Doutoramento_Paula_Alexandra_Varanda_Ribeiro_Guimaraes.pdf11,31 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID