Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/45722

TitleTipo de parto, ansiedade e depressão na gravidez: impacto no cortisol do bebé e da mãe
Other titlesType of delivery, anxiety, depression in pregnancy: the impact in infant and maternal cortisol levels
Author(s)Martins, Marco André de Melo
Advisor(s)Figueiredo, Bárbara
KeywordsAnsiedade
Depressão
Parto
Cortisol
Anxiety
Depression
Delivery
Cortisol
Issue date13-Sep-2009
Abstract(s)É relativamente pouco compreendido o impacto que o stress precoce tem no sistema neuroendócrino do bebé e da mãe, especificamente no cortisol, no período pré-natal e peri-natal. O cortisol é uma hormona glucocorticóide ligada à resposta de stress, produzida nos córtices das glândulas supra-renais. É produzido e libertado ao longo do dia, em resposta a estímulos internos e externos. Os objectivos do nosso trabalho são: investigar o impacto do tipo de parto e níveis de ansiedade/depressão materna na gravidez, no cortisol do bebé e da mãe. Em segundo lugar investigar sobre uma eventual relação entre cortisol do bebé e cortisol materno. Num terceiro momento, procurando centrar a atenção no cortisol do bebé, pretendemos testar se as variáveis tipo de parto e ansiedade/depressão materna tem valor preditivo em relação ao cortisol da criança. Participaram no estudo 97 mulheres e respectivos bebés. Foram utilizados como medida o STAI( Stait Trace Anxiety Inventory), EPDS (Edinburg Postnatal Depression Scale) e o cortisol urinário. Os resultados obtidos foram os seguintes: Não existem diferenças significativas no cortisol do bebé, em função do tipo de parto e dos níveis de ansiedade/depressão materna na gravidez. Não existem diferenças significativas no cortisol materno no parto, em função em função do tipo de parto e dos níveis de ansiedade/depressão materna na gravidez. Não existe relação estatisticamente significativa entre cortisol do bebé e cortisol materno. O tipo de parto não prediz os valores de cortisol do bebé à nascença. O tipo de parto acrescido dos níveis de ansiedade e depressão materna no período da gravidez não adicionam qualquer valor preditivo na explicação dos valores de cortisol à nascença.
The impact that precocious stress has in the neuroendocrine system of the infant and the mother in the prenatal and perinatal period, specifically in cortisol is relatively little understood. Cortisol is a glucocorticoid stress hormone, produced in the cortex of the adrenal glands. It is produced and freed throughout the day, in reply to internal and external stimulations. The aims of our work are: to investigate the impact of the type of delivery and levels of maternal anxiety/depression in infant and maternal cortisol. Then we want to investigate a possible relation between infant and maternal cortisol. After that, we are looking for center the attention in infant cortisol. We intend to test if the variable type of delivery and anxiety/depression has preditive value in relation to cortisol of the child. 97 respective women and infants had participated in the study. They had been used as measures the STAI (Stait Trace Anxiety Inventory), EPDS (Edinburg Postnatal Depression Scale) and urinary cortisol. The gotten results had been the following ones: No significant differences were observed in infant cortisol, considering the type of delivery and the levels of maternal anxiety/depression in the pregnancy. Significant differences in maternal cortisol in the childbirth do not exist, considering the type of delivery and the levels of maternal anxiety/depression in the pregnancy. Significant relation between maternal cortisol and infant cortisol does not exist. The type of delivery does not predict the values of infant cortisol at childbirth. The type of delivery increased of the maternal anxiety and depression levels in the pregnancy period, do not add any predictive value to the explanation of childbirth infant cortisol.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado Integrado em Psicologia Clínica
URIhttp://hdl.handle.net/1822/45722
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CIPsi - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marco Andre Melo Martins.pdf457,09 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID