Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/45509

TitleEstudo de sobrevivência das doentes com cancro do colo de útero
Author(s)Lopes, Paula Rosa Silva
Advisor(s)Machado, Luís Meira
Cordeiro, Eugénio Ferreira Neves
KeywordsAnálise de sobrevivência
Cancro do colo do útero
Rastreio do cancro do colo do útero
Modelo de regressão de Cox
Survival analysis
Cervical cancer
Screening
Cox regression model
Issue date22-Mar-2017
Abstract(s)Este trabalho demostra de que forma a sobrevivência após o diagnóstico do CCU é influenciado pelo rastreio do CCU. O principal objetivo deste projeto foi comparar a sobrevivência das mulheres submetidas ao rastreio do CCU com a das mulheres não submetidas ao rastreio e verificar quais as covariáveis que influenciam a sobrevivência por CCU. Da análise de sobrevivência, verificou-se que o tempo médio de sobrevivência por CCU é de 2381,3 dias e a sobrevivência global a 1, 3 e 5 anos após o diagnóstico do CCU são de 95,7%, 89,8% e 87,3%, respetivamente. Em média as mulheres submetidas ao rastreio do CCU sobrevivem 478 dias mais do que as mulheres não submetidas ao rastreio do CCU. As covariáveis que por si só influenciaram a sobrevivência por CCU foram, rastreio do CCU, faixa etária, comportamento do cancro, estadiamento do cancro à data diagnóstico, distrito de residência das pacientes, sintomas do cancro, nível de escolaridade, número de partos, número de gestações e o número de abortos. Através do teste de log-rank e o modelo de Cox simples, verificou-se que existem diferenças estatisticamente significativas na sobrevivência das mulheres submetidas ao rastreio e das não submetidas ao rastreio e que as mulheres não submetidas ao rastreio do CCU têm 7,831 vezes mais risco de morte por CCU do que as mulheres submetidas ao rastreio. Deste estudo conclui-se que que existem diferenças estatisticamente significativas na sobrevivência após o diagnóstico do CCU para as mulheres rastreadas e não rastreadas, só a partir de 45 anos. Do modelo de regressão de Cox múltiplo, conclui-se que para um nível de significância de 5% as mulheres não submetidas ao rastreio, com comportamento do cancro maligno, com localização primária na faixa etária dos [45,54], têm um risco acrescido estatisticamente significativa de ter morte por CCU.
This work shows how survival after CC diagnosis is influenced by CC screening. The main objective of this project was to compare the survival time of women undergoing CC screening with the survival time of women not screened and explore which socioeconomic, demographic and clinic covariates influence CC survival. From the survival analysis it was concluded that the mean survival time for CC is 2381.3 days and overall survival at 1, 3 and 5 years after CC diagnosis was 95.7%, 89.8% and 87, 3%, respectively. On average, women undergoing CC screening survive 478 days longer than women not screened for CC. The covariates that single influenced CC survival were CC screening, age group, cancer behavior, cancer staging at diagnosis date, patients residence district, cancer symptoms, level of education, number of deliveries, number of pregnancies and the number of abortions. Through the use of the log-rank test and the simple Cox model, it was found that there were statistically significant differences in the survival of women undergoing screening and those not undergoing screening, and that women not undergoing CC screening had a 7,831-fold increased risk of death by CC than women undergoing screening. Statistically significant differences were found in survival after the diagnosis of CC among the screened and unscreened women from the age of 45 years. From the fitted multiple Cox regression model, it is concluded that at a significance level of 5%, non-screened women with malignant cancers with a primary location in the age range of [45,54] have an increased risk statistically significant from CC death.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Estatística
URIhttp://hdl.handle.net/1822/45509
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
DMA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paula Rosa Silva Lopes.pdf3,46 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID