Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/45128

TítuloPerfil de habilidades motoras finas de crianças com e sem PEA na zona norte de Portugal: Um estudo comparativo
Outro(s) título(s)Profile of fine motor skills for children with and without autism spectrum disorder, in the north of Portugal : a comparative study
Autor(es)Pinto, Raquel Sampaio
Pereira, Ana Paula da Silva
Brandão, Tamára de Carvalho
Palavras-chavePerturbação do espectro do autismo
Habilidades motoras finas
Intervenção precoce
Avaliação
Autism spectrum disorder
Fine motor skills
Early intervention
Assessment
Data28-Jan-2016
EditoraUniversidade Federal do Amazonas (UFAM)
RevistaRevista Amazonica
CitaçãoPinto, R., Pereira, A. P. S., & Brandão, T. (2016). Perfil de habilidades motoras finas de crianças com e sem PEA na zona norte de Portugal: Um estudo comparativo. Revista AMAzonica, XVIII((2), 82-104.
Resumo(s)Para além das características nucleares da PEA, essenciais ao seu diagnóstico, cresce o número de investigações que referem também a existência de dificuldades no desenvolvimento das habilidades motoras, onde se incluem as habilidades motoras finas, fundamentais para autonomia da criança. É neste contexto que se inclui o nosso estudo, que tem como principal objetivo a avaliação das habilidades motoras finas de crianças com e sem Perturbação do Espetro do Autismo (PEA), entre os 5 e os 6 anos, residentes na zona Norte de Portugal (25 crianças com PEA e 25 com desenvolvimento típico). Este estudo pretende, ainda, analisar a influência de variáveis sociodemográficas familiares e, no caso das crianças com PEA, de fatores externos relacionados com o apoio da IP ou da Educação Especial, entre outros, no desenvolvimento dessas mesmas habilidades. Os resultados indicam diferenças no perfil de desenvolvimento das habilidades motoras finas de crianças com e sem PEA, apresentando as crianças com DT melhores desempenhos. De uma forma geral, o género da criança, a sua idade e o nível profissional e educacional dos pais não influenciam o desenvolvimento das habilidades motoras finas, de crianças com e sem PEA. Especificamente no caso das crianças com PEA, verificou-se que, de uma forma geral, o tipo, a frequência e o número de anos de apoio recebido também não exercem influência no desenvolvimento destas mesmas habilidades.
In addition to the essential core features of the diagnosis of ASD, research refers the existence of difficulties in the development of fine motor skills, which are essential to the autonomy of the child. In this context the aim of this study is the evaluation of fine motor skills children with and without ASD, between 5 and 6 years old, living in northern Portugal area (25 children with Autism and 25 children without autism). The results refer that: there are differences in the development profile of the fine motor skills of children with and without ASD, presenting the children without ASD best performances. In general, the child's gender, their age and professional and educational level of parents do not influence the development of fine motor skills of children with and without ASD. Specifically, in the case of children with ASD, we found that, in general, the type, frequency and the number of years of support received also did not influence the development of these same skills.
Tipoarticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/45128
ISSN1983-3415
e-ISSN2558 1441
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CIEd - Artigos em revistas científicas internacionais com arbitragem

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
artigo perfil habilidades finas PEA.pdf360,17 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis