Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/44832

TitleO imaginário esotérico. Literatura, cinema, banda desenhada
Editor(s)Álvares, Cristina
Curado, Ana Lúcia
Sousa, Sérgio
Mateus, Isabel Cristina
Issue date2016
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos Humanísticos (CEHUM)
Abstract(s)[Excerto] INTRODUÇÃO: O mundo Greco-Latino, do qual derivou a cultura ocidental foi especialmente profícuo em movimentos esotéricos. Há ainda hoje sinais dessa riqueza antiga. Acredita-se, por exemplo, que as sociedades secretas ocidentais terão derivado da antiga seita dos Pitagóricos. Além disso, os pilares do pensamento ocidental como Platão, Aristóteles e Plotino foram objeto de debates intensos sobre as suas doutrinas não escritas. É da antiguidade que provém também um dos símbolos mais poderosos do esoterismo que é Hermes Trismegisto. Os autores greco-latinos sempre foram muito sensíveis à possibilidade de obtenção de conhecimento privilegiado e secreto do mundo. Apesar da proibição que havia de se falar ou escrever sobre os processos iniciáticos, há fortes indícios de que os maiores vultos do pensamento ocidental antigo tenham sido iniciados nos mistérios. É muito provável que eles tenham visto diretamente os deuses e outras entidades sobrenaturais. As sociedades do mundo antigo também mostram algo muito difícil de compreender em épocas posteriores: viviam a orbitar os grandes templos onde oficiantes, como a Pitonisa, contactavam diretamente as entidades de outras dimensões. Por fim, há a destacar o valioso movimento da Gnose. Os Gnósticos contribuíram indiretamente para a história do ocidente. (...)
TypeConference proceedings
URIhttp://hdl.handle.net/1822/44832
AccessOpen access
Appears in Collections:CEHUM - Volumes de atas de conferências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O Imaginario Esoterico-IMP-09JUN.pdf1,58 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID