Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/43511

TitleComportamento da aderência de sistema de reforço NSM-CFRP na presença de diferentes tipos de adesivos
Author(s)Cruz, José Ricardo
Borojevic, Anja
Sena-Cruz, José
Pereira, E. N. B.
Fernandes, Pedro Miguel Gomes
Silva, Patrícia Moreira
Kwiecien, Arkadiusz
KeywordsNSM
Adesivo
Aderência
DPT
CFRP
Issue dateNov-2016
Abstract(s)No contexto atual, o reforço de estruturas de betão armado assume uma importância cada vez maior devido a diversos fatores. A técnica de reforço de estruturas de betão armado que utiliza laminados de CFRP inseridos no betão de recobrimento (designada por NSM – Near Surface Mounted na literatura inglesa) tem vindo a ser alvo de vários estudos dadas as suas potencialidades. No entanto, o estudo da influência do tipo de adesivo na aplicação desta técnica apresenta conhecimento limitado. É sobretudo neste aspeto que o presente estudo incide. Foi desenvolvido um programa experimental constituído por ensaios de arranque direto com o objetivo de estudar o comportamento da ligação entre os laminados de CFRP e o betão de sistemas NSM-CFRP, utilizando três variáveis de estudo: (i) tipo de adesivo; (ii) comprimento de ancoragem; e, (iii) secção transversal do laminado de CFRP. Durante a realização dos ensaios, sob controlo de deslocamento, foi monitorizada a força de arranque bem como o deslizamento no final da zona carregada. Foi também utilizada a Correlação Digital de Imagem (DIC) como complemento para avaliação do comportamento da ligação. De uma forma geral, dois dos adesivos proporcionaram padrões de comportamento da ligação semelhantes, dada a semelhança das suas propriedades mecânicas. Um terceiro adesivo, de propriedades mecânicas bastante inferiores originou resultados menos promissores. A ligação tende a ser tanto mais resistente quanto maior for o seu comprimento. Em termos da influência da secção transversal do laminado, é notória a maior capacidade resistente da ligação para laminados com área de secção transversal superior. A utilização da metodologia DIC permitiu concluir que os mecanismos resistentes da ligação são fortemente dependentes das propriedades resistentes do adesivo.
TypeconferencePaper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/43511
Peer-Reviewedyes
AccessopenAccess
Appears in Collections:ISISE - Comunicações a Conferências Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cruz_et_al_Artigo69_BE2016.pdf268,94 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis