Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/43012

TítuloAnálise da implementação da estratégia "Semantic Feature Analysis" em contexto inclusivo: um estudo "quasi-experimental" no 1º Ciclo do Ensino Básico
Autor(es)Oliveira, Sílvia Marina de Sousa
Orientador(es)Cruz-Santos, Anabela
Palavras-chaveSemântica
Estratégias de ensino-aprendizagem
Compreensão de textos
Semantic features analysis (SFA)
1.º Ciclo do ensino básico
Semantics
Teaching-learning strategies
Reading comprehension
1st Cycle of basic education
Data2016
Resumo(s)Este estudo teve por finalidade conhecer, descrever e analisar o impacto da estratégia Semantic Feature Analysis (SFA) na aquisição e desenvolvimento do vocabulário e na compreensão de textos, junto de alunos do 3.º ano de escolaridade, do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Nesse sentido, foi desenvolvido um estudo quasiexperimental, cuja amostra era constituída por 65 alunos, distribuídos por três grupos: grupo de ensino regular (GER), grupo de ensino estruturado (GEE) e grupo de ensino da estratégia Semantic Feature Analysis (GESFA). Os alunos do GESFA aprenderam o vocabulário através da estratégia SFA ao longo de dez sessões, que duraram cerca de 60 minutos cada. Os alunos do GER usufruíram de uma aprendizagem do vocabulário através do ensino regular (e.g., dicionário e memorização de definições) e os do GEE pela aplicação de diversas estratégias selecionadas pelo professor titular (e.g., análise contextual, análise morfológica, mapas semânticos). Os dados foram recolhidos antes e depois da implementação da estratégia SFA através da aplicação de uma ficha de verificação de conhecimentos e, no final do estudo, aplicou-se um questionário de satisfação aos alunos e professores do GESFA. Os resultados foram analisados e apresentados sob a forma descritiva e inferencial, tendo sido possível concluir: 1) a estratégia SFA é uma estratégia flexível, pouco dispendiosa, motivadora e de fácil aplicação; 2) o processo de aprendizagem da estratégia SFA é simples e de fácil compreensão, podendo ser ensinada com sucesso na sala de aula inclusiva; 3) no final do estudo, os alunos revelaram, na sua totalidade, gostar de aprender a estratégia SFA; 4) os professores titulares de turma mostraram-se satisfeitos com a implementação e eficácia da estratégia SFA; 5) existiram diferenças estatisticamente significativas no GESFA entre o pré e o pós-teste, relativamente à compreensão do texto e à aplicação de vocabulário; 6) nos grupos GER e GEE só se verificaram diferenças estatisticamente significativas entre o pré e o pós-teste no que respeita à aplicação de vocabulário, contudo quando comparados com o GESFA foram os alunos da estratégia SFA que apresentaram resultados superiores; 7) a estratégia SFA foi mais eficaz que o ensino regular e o ensino estruturado tanto na compreensão de textos como na aplicação de vocabulário; e 8) a estratégia SFA promove eficazmente o desenvolvimento do vocabulário dos alunos e a compreensão de textos, cuja dimensão do efeito é de .87.
This study aimed to understand, describe and analyze the impact of the Semantic Feature Analysis strategy (SFA) in the acquisition and development of vocabulary and in reading comprehension, with pupils of the 3rd grade, of 1st Cycle of Basic Education. Therefore, it was developed a quasi-experimental study, whose sample consisted of 65 students, divided into three groups: the regular teaching group (GER), the structured teaching group (GEE) and the group of the teaching of Semantic Feature Analysis strategy (GESFA). Students of GESFA learned vocabulary by SFA strategy over ten sessions, which lasted about 60 minutes each. Students GER enjoyed vocabulary learning through regular education (e.g., dictionary and memorising definitions) and GEE by applying different strategies selected by the teacher (e.g., contextual analysis, morphological analysis, semantic maps). Data were collected before and after the implementation of the strategy SFA through the application of a knowledge verification form and at the end of the study we applied a questionnaire of satisfaction to students and teachers of GESFA. The results were analyzed and presented in the descriptive and inferential way, and it was possible to conclude: 1) the SFA strategy is a flexible strategy, inexpensive, motivating and easy to apply; 2) the learning process of the SFA strategy is simple and easy to understand and can be taught successfully in the inclusive classroom; 3) at the end of the study, all the students revealed they liked to learn the SFA strategy; 4) the teachers were satisfied with the implementation and the effectiveness of SFA strategy; 5) there were statistically significant differences in GESFA between the pre and post testing on the understanding of the text and in the application of vocabulary; 6) the GER and GEE groups there were only statistically significant differences between pre and post-test with regard to the application of vocabulary, however when compared to the GESFA, students of SFA strategy showed superior results; 7) the SFA strategy was more effective than regular education and structured teaching both in reading comprehension and in the administration of vocabulary; and 8) the SFA strategy effectively promotes the development of students vocabulary and reading comprehension, whose effect size is .87.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Educação Especial (área de especialização em Dificuldades de Aprendizagem Específicas)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/43012
AcessoembargoedAccess (1 Year)
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sílvia Marina de Sousa Oliveira.pdf3,51 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis