Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/42271

TitleThe role of the syllable as the sublexical unit in visual word recognition in Portuguese: a study with skilled and developing readers
Other titlesO papel da sílaba como unidade sublexical no reconhecimento visual de palavras do português: um estudo com leitores aprendizes e proficientes
Author(s)Moura, Ana Duarte Campos
Advisor(s)Soares, Ana Paula
Oliveira, Helena Manuela Mendes
KeywordsSyllable effects
Visual word recognition
Sublexical unit
Sílaba
Reconhecimento visual de palavras
Unidade sublexical
Issue date2016
Abstract(s)The role of the syllable as a sublexical unit of visual word recognition has been established in languages such as Spanish and French. However, its role in European Portuguese (EP), a language with unique characteristics, remains unknown. EP has an intermediate depth orthography, highly diverse syllabic structures, and well defined syllabic boundaries. Furthermore, most studies fail to successfully disentangle syllabic effects from orthographic overlap effects, and only study this effect in monosyllabic and dissyllabic words. The present dissertation is composed of two main experiments. Experiment 1 aimed to analyze whether the syllable has a functional role at first stages of visual word recognition in EP by using a lexical decision task combined with a masked priming paradigm in skilled readers. In Experiment 2, we further analyze the developmental trajectories of this effect, by using dissyllabic and trisyllabic EP words with beginning (3rd graders), intermediate (5th graders) and a control group of skilled EP readers. Results showed reliable syllabic effects in skilled and intermediate readers, thus establishing the syllable as the sublexical unit of visual word recognition for EP.
O papel da sílaba como unidade sublexical no reconhecimento visual de palavras foi já estabelecido em línguas como o Espanhol e o Francês. No Português Europeu (PE), uma língua com características únicas, permanece desconhecido. O PE é uma língua com uma ortografia intermédia, estruturas silábicas diversas e limites silábicos bem demarcados. Além disto, a maioria dos estudos são incapazes de separar efeitos silábicos de ortográficos, e só estudam estes efeitos em palavras monossilábicas e dissilábicas. O presente estudo é composto por duas experiências. Na primeira experiência usámos uma tarefa de decisão lexical com paradigma de priming mascarado, usando palavras dissilábicas para estudar os efeitos da sílaba no Português em leitores experientes; na segunda experiência investigámos a trajetória desenvolvimental do efeito silábico em palavras dissilábicas e trissilábicas usando, para o efeito, um grupo de leitores aprendizes (alunos do terceiro ano), um grupo de leitores intermédios (alunos do quinto ano) e um grupo de controlo de leitores proficientes. Encontrámos um efeito de facilitação silábico para palavras dissilábicas e trissilábicas, tanto no grupo dos leitores experientes como no dos intermédios, estabelecendo assim o papel da sílaba no reconhecimento visual de palavras para o PE.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/42271
AccessEmbargoed access (3 Years)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Duarte Campos Moura.pdf
  Until 2020-01-01
1,84 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID