Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/41534

TítuloEmotional and behavioral problems in preschoolers: risk factors and assessment Issues
Outro(s) título(s)Problemas emocionais e de comportamento em idade pré-escolar: fatores de risco e questões de avaliação
Autor(es)Carneiro, Alexandra Manuela Paiva
Orientador(es)Soares, Isabel
Dias, Pedro Miguel Pereira
Data20-Fev-2016
Resumo(s)The study of risk factors contributes to a better understanding of the emergence of emotional and behavioral problems in preschool aged children, since this is a period extremely sensitive to the onset of maladaptive life trajectories. Literature provides information about what are the most studied risk factors related to the beginning of problems, and about the idea that intervention has to be preceded by an accurate assessment. Many authors have been stated the importance of assessing emotional and behavioral problems using different informants in several contexts. However, more research focused in this specific age is still lacking. The present doctoral dissertation aims to contribute to a deeper understanding of this topic by integrating four studies focused on emotional and behavioral problems in preschool aged children. Two studies are focused on risks factors and their influence on emotional and behavioral problems, and the other two are focused on agreement between informants from different contexts. The first article, a systematic literature review, aims to examine risk factors associated with emotional and behavioral problems. The second article aims to analyze the contribution of cumulative risk in the development of emotional and behavioral problems in a sample of Portuguese children, testing the individual contribution of each risk factor. Results from these two articles not only evidence the importance of both distal and proximal risks, but also their different influence in child’s problems, showing that each risk can have a specific contribution. The third article, a meta-analysis, aims to examine the degree of consistency in the ratings from parents and teachers about emotional and behavioral problems, and to test the effects of the type of sample (community vs clinical), measure (ASEBA vs other), and child sex, on cross-informant agreement. The fourth article aims to identify the predictors, regarding mothers and teachers agreement and discrepancy, concerning children behavioral and emotional problem in preschool age. Results of the third and fourth articles confirm the importance of assessing emotional and behavioral problems in more than one context, using different informants, and the need to attend to some potential factors that might influence informant’s ratings, leading to a lower agreement about child emotional and behavioral problems. Research findings and conclusions are discussed regarding clinical and research implications.
O estudo dos fatores de risco contribui para um melhor entendimento acerca da emergência de problemas emocionais e de comportamento em crianças em idade pré-escolar, uma vez que este é um período de desenvolvimento muito sensível ao início de trajetórias de vida menos adaptativas. A literatura fornece informação acerca dos fatores de risco que são mais estudados e se relacionam com o início de problemas, bem como acerca da ideia de que a intervenção deve ser precedida de uma avaliação eficaz junto de diferentes informadores em vários contextos, contudo a investigação focada nesta faixa etária é ainda reduzida. A presente dissertação de doutoramento procura contribuir para o aprofundamento desta temática integrando quatro estudos focados nos problemas emocionais e de comportamento em crianças em idade pré-escolar. Dois estudos são centrados nos fatores de risco e na sua influência nos problemas emocionais e de comportamento, enquanto os outros dois estudos atendem a questões relacionadas com o acordo entre informadores em diferentes contextos. No primeiro estudo, uma revisão sistemática, o objetivo é examinar a literatura sobre os fatores de risco associados com os problemas emocionais e de comportamento, enquanto o segundo estudo pretende estudar a contribuição do risco cumulativo para os problemas emocionais e de comportamento numa amostra de crianças Portuguesas, testando a contribuição individual de cada risco. Os resultados evidenciam a importância dos riscos, desde o mais distal ao mais proximal, bem como a sua influência na emergência de sintomas psicopatológicos, mostrando que cada risco tem a sua própria contribuição. O terceiro estudo, uma meta-análise, tem por objetivo examinar o acordo entre pais e educadores quanto aos problemas emocionais e de comportamento e testar o efeito da amostra (comunidade vs clínica), da medida (ASEBA vs outra) e do sexo nos níveis de acordo entre informadores. No último estudo, o objetivo é identificar os preditores que têm influência no acordo e nas discrepâncias entre mães e educadoras em relação aos problemas emocionais e de comportamento em crianças em idade pré-escolar. Os resultados do terceiro e quarto estudo confirmam, por um lado, a importância da avaliação em mais do que um contexto e, por outro, a necessidade de ter em consideração de que alguns fatores, relacionados com o contexto ou com o informador, podem condicionar os níveis de acordo. A discussão dos resultados e a conclusão procuram atender às implicações dos resultados para a intervenção e investigação futura.
TipodoctoralThesis
DescriçãoTese de Doutoramento em Psicologia Aplicada.
URIhttp://hdl.handle.net/1822/41534
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CIPsi - Teses de Doutoramento
BUM - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Alexandra Manuela Paiva Carneiro.pdf2,91 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis