Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/41086

TitleFormação, profissionalização e identidade dos mediadores sociais
Author(s)Silva, Ana Maria Costa e
Carvalho, Maria de Lurdes Dias de
Aparício, Miriam
Editor(s)Silva, Ana Maria Costa e
Carvalho, Maria de Lurdes Dias de
Oliveira, Lia Raquel
KeywordsMediação social
Identidade profissional
Profissionalização
Reconhecimento social
Issue date18-Mar-2016
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
Abstract(s)O trabalho que se apresenta inscreve-se num ensaio crítico e reflexivo sobre o que é ser mediador/a social. Parte-se da formulação do que é a mediação, dos seus princípios e da revisão de literatura sobre o perfil e a identidade profissional dos mediadores. Salienta-se a relevância da formação e profissionalização na construção da identidade profissional dos mediadores sociais, relevando-se saberes e competências fundamentais identificadas a partir da revisão de literatura e de várias pesquisas empíricas realizadas nos últimos 5 anos. As várias pesquisas realizadas tiveram como objetivos principais identificar e analisar práticas de mediação, a perceção dos mediadores sobre as suas práticas e a sua identidade profissional bem como construir dispositivos de formação inicial e contínua dos mediadores sociais. Sendo uma condição de afirmação e reconhecimento profissional, essencial para a consolidação dos mediadores enquanto grupo socioprofissional, a identidade profissional é dinâmica e constrói-se nos processos de ação e interação com os outros. Neste processo estão presentes várias categorias, nomeadamente: a formação e profissionalização (saberes, competências, desenvolvimento profissional); os princípios e deontologia profissional; a afirmação identitária e o reconhecimento profissional. Os resultados dos vários estudos conferem aos mediadores uma auto perceção muito positiva do seu trabalho e satisfação com o mesmo, pese embora o frágil reconhecimento social. Relevam a importância da formação inicial e contínua e do compromisso coletivo na construção de uma identidade comum, importante para a sua afirmação profissional e reconhecimento social. Sublinha-se também que a demarcação dos diversos âmbitos de intervenção dos mediadores não deve corresponder à fragmentação dos profissionais, sendo fundamental consolidar uma identidade profissional comum a partir dos fundamentos e princípios teóricos e éticos da mediação.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/41086
ISBN978-989-8600-53-0 (ebook)
978-989-8600- 54-7 (impresso)
Publisher versionhttp://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/cecs_ebooks/article/view/2326/2242
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Livros e capítulo de livros / Books and book chapters
CIEC - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AMCS_MLC_MA_2016_sustentabilidade_mediacao-cap.pdf258,55 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID