Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/40600

TitleImplementação de metodologias BIM na Direção de Engenharia de Barragens da EDP: casos de estudo de projeto de estruturas em obras hidroelétricas
Other titlesBIM implementation in the Dam Engineering Division of EDP: application to hydroelectric power plant design
Author(s)Marques, António Alexandre Fernandes
Advisor(s)Azenha, Miguel
Ferreira, Nuno André Costa
KeywordsBuilding information modeling (BIM)
Obras hidroelétricas
Modelação paramétrica
Plano de execução BIM
Hydroelectric power plant
Parametric modeling
BIM execution plan
Issue date2015
Abstract(s)A indústria da Arquitetura, Engenharia e Construção (AEC) está progressivamente a optar por soluções modernizadas e automatizadas, nomeadamente através da aplicação de tecnologias de informação nos seus processos. Assim, verificam-se mudanças a nível de colaboração, representação, análise e fabricação, com a proliferação do Building Information Modeling (BIM), que tem vindo a transformar a metodologia com que os edifícios são projetados e construídos. Apesar de a indústria ter vindo a constatar os benefícios que se obtêm com a adoção do BIM, a sua implementação segue um lento processo, quando comparado com a incorporação de tecnologias de informação por parte de outras indústrias. Os principais condicionantes a esta adoção são de natureza técnica aliados a uma necessidade de mudança cultural. O presente trabalho, realizado em ambiente empresarial no departamento de Fundações e Estruturas na Direção de Engenharia de Barragens da EDP, tem como objetivo avaliar os principais desafios à implementação do BIM na fase de projeto de obras hidroelétricas. Assim, são elaborados modelos BIM deste tipo de empreendimentos, nomeadamente componentes de Venda Nova III e Fridão. Relativamente a Venda Nova III são modelados a central, a tomada de água e túnel de adução, ao passo que de Fridão é modelada a restituição. Para modelação dos complexos corpos sólidos envolvidos recorreu-se à sinergia entre a linguagem de programação visual Dynamo e a plataforma BIM Revit. Os modelos criados foram explorados para diversos ‘usos BIM’, nomeadamente para obtenção de desenhos de projeto, mapas de quantidades, exploração do modelo de armaduras, geração de conteúdo multimédia, sendo ainda discutidas as vantagens do modelo BIM na compreensão, comunicação e discussão da estrutura de um aproveitamento hidroelétrico. Adicionalmente à elaboração e exploração de modelos, é realizada uma proposta de Plano de Execução BIM, que tem como finalidade impulsionar e facilitar a implementação de metodologias BIM no departamento, sendo esta complementada com documentos que se entendem relevantes no apoio a colaboradores. Com a elaboração dos modelos virtuais e do Plano de Execução BIM, entende-se que esta metodologia já se revela vantajosa na fase de projeto deste tipo de empreendimentos, sendo viável a sua implementação.
The Architecture, Engineering and Construction (AEC) industry is progressively opting for modernized and automated solutions, namely through the increasing application of information technologies in their processes. Thereby, relevant changes can be seen at the level of collaboration, representation, analysis and manufacturing, with the proliferation of Building Information Modeling (BIM), which has been transforming the methodologies for design and construction of buildings. While the industry has come to see the benefits that accrue from the adoption of BIM, its implementation follows a slow process when compared to the incorporation of information technologies from other industries. The main constraints to this adoption are related to technical issues, together with the need for a cultural change. This work, developed in the department of Foundations and Structures of the Dam Engineering Division of EDP (Energies of Portugal), aims to assess the main challenges to the implementation of BIM in the design phase of hydroelectric developments (including power plants). Thereby, prototype BIM models of such type of projects were made, namely components of the hydroelectric developments of Venda Nova III and Fridão. For Venda Nova III the developed BIM models included the powerhouse, the intake and the headrace tunnel. For Fridão, only the outlet was modelled. The synergy between the visual programming language Dynamo and the BIM platform Revit was used for the modelling of complex solid bodies. The created models were explored for different ‘BIM uses’, namely: to obtain design drawings, quantity take-offs, rebar modelling (preparation and constructability issues), production of multimedia content. In addition to developing and operating models, a specific BIM Execution Plan is proposed, which aims to promote and facilitate the implementation of BIM methodologies in the department (within EDP), which is supported by several additional documents that are meant to assist in several practical concerns. With the development of virtual models and the BIM Execution Plan, as well as the several lessons learned in the process, it is considered that the BIM methodology proved to be advantageous in the design phase of projects related to hydroelectric developments, and its implementation is feasible.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil
URIhttp://hdl.handle.net/1822/40600
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
ISISE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Alexandre Marques.pdf18,04 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID