Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/40165

TitleMaternidade e parentalidade: reconfigurações e conflitos ideológicos
Author(s)Pereira, Cristina
Pinto-Coelho, Zara
KeywordsPráticas de género
Média
Representações sociais
Issue dateJul-2015
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
Abstract(s)(Excerto) A construção da maternidade como o acto paradigmático de cuidado adequado deve ser vista como uma construção cultural específica. É comum conceber o cuidado como uma relação entre duas pessoas e especialmente como uma relação entre mãe e filho. Como observa Joan Tronto, uma tal compreensão conduziu frequentemente à idealização deste duo que se converteu numa espécie de casal romântico no discurso contemporâneo ocidental sobre a maternidade (Tronto, 1993, pp. 103, 109-110). A ênfase ideológica na díade mãe/filho subsiste, não obstante revestir-se de novos cambiantes e ser paralela à valorização da paternidade reflectida numa diversidade de estudos (e.g. Monteiro & Domingos, 2013; Torres, 2002) e nas práticas sociais.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/40165
ISBN978-989-8600-35-6 (e-book)
978-989-8600-45-5 (impresso)
Publisher versionhttp://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/cecs_ebooks/issue/view/177
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Livros e capítulo de livros / Books and book chapters

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CP_ZPC_2015_representacoes-genero.pdf555,88 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID