Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/396

TitleSistemas informáticos e conhecimento organizacional : uma reinterpretação dos papeis desempenhados pelos sistemas informáticos nas organizações
Author(s)Carvalho, João Álvaro
Morais, Maria Paula
KeywordsConhecimento organizacional
Tipos de sistemas informáticos
Issue dateOct-2001
PublisherAssociação Portuguesa de Sistemas de Informação (APSI)
CitationCONFERÊNCIA DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, 2, Évora, 2001 - "CAPSI 2001 : actas". [S.l. : APSI, 2001].
Abstract(s)Nem sempre é fácil compreender o papel desempenhado pelos sistemas informáticos (aplicações das tecnologias da informação) nas organizações ou atribuir significado às operações por elas realizadas. Esta dificuldade resulta da complexidade daqueles dispositivos, da proliferação de designações pouco explícitas porque frequentemente orientadas a fins comerciais e ainda à variedade de tarefas que, aos poucos e poucos, os sistemas informáticos têm vindo a assumir nas organizações. As tentativas de produzir taxionomias que facilitem a classificação dos sistemas informáticos e clarifiquem os papeis por eles desempenhados não esgotaram ainda esta problemática. A proposta apresentada neste artigo constitui uma nova maneira de olhar para o papel desempenhado pelos sistemas informáticos nas organizações centrada no apoio dado às actividades de criação, armazenamento e utilização de conhecimento organizacional. Para tal, é utilizada uma classificação de conhecimento organizacional inspirada no trabalho de Mario Bunge (Treatise on Basic Philosophy) e que distingue entre conhecimento comportamental, perceptual e conceptual. Esta distinção é utilizada para explicar os processos de criação e utilização de conhecimento e para explicar o suporte que os sistemas informáticos dão a esses processos, reintrepretando assim as explicações dadas à luz de outros enquadramentos teóricos. Conclui-se chamando a atenção para a semelhança entre os processos de criação de conhecimento organizacional e de criação de conhecimento científico e pela possibilidade de os sistemas informáticos poderem ser vistos como amplificadores das capacidades cognitivas dos agentes organizacionais.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/396
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CAlg - Artigos em livros de atas/Papers in proceedings
DSI - Engenharia e Gestão de Sistemas de Informação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JACeMPM.pdf224,2 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID