Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/39008

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorGuimarães, Augusta Xavierpor
dc.contributor.authorRodrigues, Eloypor
dc.date.accessioned2015-12-15T12:43:47Z-
dc.date.available2015-12-15T12:43:47Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1822/39008-
dc.descriptionOs dados que fundamentam este relatório encontram-se disponíveis em: http://hdl.handle.net/1822/39007-
dc.description.abstractO presente relatório apresenta os resultados do inquérito por questionário que os Serviços de Documentação da Universidade do Minho realizaram junto dos seus utilizadores potenciais, de 17 a 29 de novembro de 2014, procurando recolher informação sobre os hábitos e padrões de utilização das suas bibliotecas e serviços. O questionário foi aplicado via Web com recurso à plataforma LimeSurvey, sendo o acesso ao mesmo feito a partir de mensagem de correio eletrónico enviada pelos Serviços de Documentação a cada uma das pessoas registada na base de dados de utentes das bibliotecas da U.M. Foram recolhidas 750 respostas válidas de um universo de 924 recebidas, sendo que 174 foram consideradas incompletas, não fazendo parte do tratamento final dos dados. Registaram-se respostas de 443 indivíduos do sexo feminino (59,07%) e 307 do masculino (40,93%). O questionário foi respondido por todos os tipos de utilizadores, exceto Alunos Erasmus, sendo a maioria dos respondentes alunos (59,33% no conjunto dos três ciclos de estudos) e docentes (24,67%). Dado o peso dos alunos entre os respondentes a distribuição etária dos que responderam ao questionário reflete também o predomínio (43,6%) dos que possuíam até 25 anos. À questão “Utiliza as bibliotecas da Universidade do Minho?”, 90,53% dos participantes responderam “Sim”, com os níveis mais elevados de respostas afirmativas a verificarem-se entre os alunos do 1º e 2º ciclo. Quanto às bibliotecas mais usadas a análise das respostas revelou que a BGUM é a biblioteca mais utilizada (83,33%), seguida pela BPG (33,63%). Sublinhe-se que a BGUM é a única biblioteca utilizada pela maioria dos respondentes (83,33% que comparam com 33,63% na BPG e menos de 10% em qualquer uma das restantes). Quanto à frequência de utilização, 32,89% responderam utilizar a BGUM pelo menos uma vez por semana, enquanto na BPG 14,16% deram respostas semelhantes. Relativamente aos fins para que utilizam as bibliotecas, os respondentes indicaram usá-las de forma frequente para estudar (44,78%) e requisição domiciliária (38,81%). Foram ainda indicados outros fins, muito embora apresentando valores mais baixos, como a pesquisa no catálogo (24,69%), consulta de livros (23,77%), utilização da internet (22,94%) e pesquisa no Repositório Institucional (RI)(22,15%). A grande maioria (76,70%) dos respondentes indicou conhecer o site dos Serviços de Documentação, sendo que as páginas/serviços que os participantes indicarem utilizarem com frequência foram o catálogo (50%), o RI (46,30%) e a biblioteca digital (39,77%). Os dispositivos que os participantes indicaram usar com frequência para o acesso ao website dos SDUM e ao catálogo online das bibliotecas foram um portátil (73,44%) ou um PC (35,56%), um tablet (13,11%) ou um smartphone (10,38%). Perguntados sobre se sabiam utilizar o catálogo online das bibliotecas 88,50% responderam afirmativamente, tendo ainda indicado usar de forma frequente a pesquisa de documentos (49,01%) e o pedido de renovação dos mesmos (32,76%). Quanto à forma como contactam, comunicam ou interagem com as bibliotecas, os utilizadores que responderam ao questionário indicaram fazê-lo de forma frequente via contacto pessoal (50,62%) e catálogo (27,62%). Registaram-se ainda percentagens significativas para os que indicarem interagir frequentemente via e-mail (12,21%) e telefone (5,09%). Relativamente ao grau de satisfação com a biblioteca que mais utilizam, verificaram-se variações significativas quer quanto às bibliotecas, quer por tipo de utilizador.Com melhores níveis de satisfação destaca-se a BGUM (total de 63,84% nos dois níveis mais elevados de satisfação) e a BPG (total de 37,54% nos mesmos níveis). Com níveis de insatisfação mais elevados encontram-se a BECS e a BNP, ambas registando 20,00% no somatório dos dois níveis mais baixos de satisfação. Dos vários aspetos e elementos do serviço das bibliotecas sobre os quais os inquiridos foram solicitados a pronunciar-se em termos de satisfação, os níveis mais elevados registaram-se em relação às instalações, limpeza, horário de funcionamento, número de funcionários e outros espaços (B-in, B-lounge, BGUM 24x7). Os respondentes indicaram menor nível de satisfação em relação ao número de lugares disponíveis, salas de estudo em grupo, gabinetes individuais de estudo, tomadas elétricas e cacifos. O inquérito incluiu um conjunto de questões relativas ao RepositóriUM, que apenas foram perguntadas aos docentes e investigadores. Desse universo de respondentes (212), 90,09% dos respondentes indicaram ter documentos da sua (co) autoria depositados no RepositóriUM. O motivo mais apontado pelos respondentes para depositar documentos no RepositóriUM foi a obrigatoriedade decorrente da política institucional de auto-arquivo de publicações (32,11%), muito embora outros motivos tenham sido valorizados, tais como: o aumento da visibilidade e o impacto (citações) da investigação (19,34%), o aumento da rapidez de disseminação dos resultados da investigação, a concordância e apoio ao princípio do Acesso Aberto aos resultados da investigação (ambos com 15%) e ainda o RepositóriUM constituir uma forma de preservar a própria produção científica (10,25%). A esmagadora maioria dos docentes e investigadores respondentes classificaram positivamente a utilidade do RepositóriUM com 57,42% a considerarem-no muito útil (42,11%) ou mesmo imprescindível (15,31%) e apenas 2,39% a considerarem-no de utilidade nula.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/4.0/por
dc.titleInquérito sobre as bibliotecas dos Serviços de Documentação: relatório do questionário aplicado em 2014por
dc.typereportpor
dc.peerreviewednopor
oaire.citationTitleInquérito sobre as bibliotecas dos Serviços de Documentação: relatório do questionário aplicado em 2014por
Appears in Collections:SDUM - Relatórios

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Inquerito.pdf5,23 MBAdobe PDFView/Open
Relatório.pdf1,22 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID