Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/38969

TitleArquitecturas imaginárias. Espaço real e ilusório no Barroco português
Other titlesImaginary architectures. Real and illusory space of the portuguese Baroque
Author(s)Cabeleira, João
Advisor(s)Xavier, João Pedro Sampaio
Correia, Jorge
Issue date29-Jul-2015
Abstract(s)Visando a observação da sistematização teórica levada a cabo pelo Padre Jesuíta Inácio Vieira e o engano do olhar potenciado pela quadratura do pintor Luís Gonçalves Sena na abóbada da capela-mor da igreja do Colégio jesuíta de Nossa Senhora da Conceição em Santarém, a tese debruça-se sobre condicionantes teórico-práticas da quadratura e suas potencialidades na interferência sobre o espaço construído. Na linha de pensamento perseguida, subjacente ao domínio da arquitectura, a quadratura é entendida sob a relação percepção/ilusão tomada como método de definição e especulação espacial. Assim, aos conteúdos do Tractado da Óptica (1714) e do Tractado de Prospectiva (1716) de Vieira, nos quais se organiza o estado do conhecimento sobre a natureza e propriedades da vista, os enganos e desenganos da vista e os fundamentos da prospectiva, junta-se a sua expressão prática por Sena, para avaliar as propriedades da imagem, confrontando a regra projectiva com a liberdade artística e valorização de factores perceptivos, e consequente indução de espaço apontando à metamorfose das aparências. Uma análise que exige revisitar simultaneamente a teoria e prática desenvolvidas a partir da península itálica e consequente aproximação à contextura nacional, avaliando a evolução da discussão da quadratura e arquitectura a partir dos conteúdos da óptica e perspectiva, tal como os desenvolvimentos na conformação do espaço sensitivo barroco, seja por via da imagem ou da construção. Deste modo, poder-se-á reconhecer o lastro científico na base dos manuscritos de Vieira, como reconhecer modelos, objectivos imagéticos e habilidades na conformação do espaço visual e interferência sobre o espaço construído inerentes à estrutura delineada por Sena. Da avaliação da quadratura propomo-nos discutir o seu processo compositivo, gestão da perspectiva e modos de projecção na abóbada, ao mesmo tempo que se desconstrói a imagem (por via da restituição perspéctica e reabilitação da ideia arquitectónica), procurando alcançar as qualidades do organismo representado e suas relações com o construído. Os estudos no âmbito da perspectiva e arquitecturas de quadratura têm vindo, no círculo das investigações nacionais, a aprofundar a compreensão dos conteúdos científicos, prática artística e pressupostos imagéticos intrínsecos a este género pictórico e arquitectónico. Porém, no caso desta investigação o discurso é orientado em função do entendimento do binómio quadratura/arquitectura enquanto síntese entre espaço concreto, o conformado pela construção, e ilusório, definido a partir da representação, instituindo uma verdade aparente fundada nas potencialidades da perspectiva. Neste seguimento levantam-se questões relativas às condições cientifico-artísticas na base da quadratura, às interacções entre arquitectura e perspectiva, à legitimação da quadratura como acção espacial e, logo, arquitectónica, bem como às circunstâncias e procedimentos específicos inerentes à produção quadraturista.
In order to observe the theoretical systematization carried out by the Jesuit Father Inácio Vieira and the deception of the sight enhanced by the Luís Goncalves Sena’s quadratura painting in the main chapel’s vault in the Church of the Jesuit College of Our Lady of the Conception in Santarém, the thesis addresses over quadratura’s theoretical and practical conditions along with its potential in the interference on the built environment. In the pursued line of thought, underlying the field of architecture, the quadratura is understood under the relation perception/illusion taken as a method of spatial speculation and definition. Thus, the contents of Tractado da Óptica (1714) and Tractado de Prospectiva (1716) by Vieira, in which is organized the state of knowledge about the nature and properties of view, the mistakes and disappointments of the sight and the fundaments of perspective, are joined to its practical expression by Sena, to assess the properties of the image, in order to confront the projective rule with the artistic freedom and appreciation of perceptual features and consequent induction of space pointing towards a metamorphosis of appearances. An analysis that requires revisiting both theory and practice developments in the Italian peninsula and consequent approach to the Portuguese context, assessing the evolution of quadratura and architectural discussion from the contents of perspective and optics, such as advances in the conformation of the baroque’s sensitive space, either through image or construction. Thus, the scientific contents on the basis of Vieira’s manuscripts may be recognized, as well as the models, imagery objectives and skills in shaping the visual space and interference with the built space inherent to Sena’s outlined structure. Through the quadratura’s analysis we propose to discuss its compositional process, management of perspective and projection modes in the vault at the same time that the image’s deconstruction (via perspectival restitution and rehabilitation of the architectural idea), allow us to reach the qualities of the represented architectures and their relation with the built environment. Studies on perspective and quadratura’s architectures have been, in the sphere of national investigations, seeking to understand the scientific thought, artistic practice and imagery assumptions intrinsic to this pictorial and architectural genre. However, this research is oriented towards the understanding of the binome quadratura/architecture while synthesis among physical space, shaped by construction, and illusory space, defined through representation, pursuing an apparent truth founded over perspective’s potential. Following this positions questions are raised concerning to scientific and artistic conditions at the foundations of quadrature, to the interactions between architecture and perspective, to the legitimacy of quadratura as spatial action and, therefore, as architecture, as well as to the specific circumstances and procedures inherent to quadratura’s production.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de Doutoramento em Arquitectura / Cultura Arquitectónica.
URIhttp://hdl.handle.net/1822/38969
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
EA - Teses de Doutoramento


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID