Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/38367

TitleOs efeitos do ambiente térmico: avaliação subjetiva e numérica
Other titlesThermal environment effects: subjective and numerical evaluation
Author(s)Gomes, Nilton César Andrade
Advisor(s)Loureiro, Isabel F.
Teixeira, S. F. C. F.
KeywordsAmbiente térmico
Conforto térmico
Simulação corpo humano
Estatística multivariada
Thermal environment
Thermal comfort
Human body simulation
Multivariate statistics
Issue date2015
Abstract(s)Este trabalho aborda a importância da avaliação objetiva e subjetiva do ambiente térmico num contexto industrial, com o objetivo de analisar o conteúdo do ambiente térmico, identificar as diferenças significativas dos parâmetros físicos do ambiente térmico, tais como, temperatura do ar, temperatura de globo, humidade relativa e velocidade do ar e correspondentes índices e testar a diferenças entre turnos em termos da resposta Humana. No presente trabalho foram utilizados os dados experimentais obtidos por Guise (2014). Os dados foram utilizados não só para proporcionar condições de simulação, mas também para testar várias hipóteses operacionais. Note-se que os dados foram coletados em contexto industrial, na empresa Continental – Indústria Têxtil do Ave. S.A. (C-ITA). Os resultados indicam que no turno das 14h00 às 22h00 os valores de PMV são mais elevados em relação aos outros turnos. O turno da tarde apresenta maior número de valores de WBGT elevados. Os resultados também mostraram evidências de que a parte da cabeça e do abdómen são mais expostas ao ambiente térmico nos turnos das 06h00 às 14h00 e 14h00 às 22h00. Não houve diferenças significativas na variável velocidade do ar nos três turnos. Em oposição, a temperatura do ar e temperatura de globo são significativamente diferentes em relação aos três turnos. A humidade relativa é significativamente diferente no turno da manhã e o turno da noite. Através da simulação constatou-se que a temperatura do ar ambiente e a temperatura para as diferentes partes do corpo tendem ao mesmo comportamento em relação às diferentes condições ambientais.
This work addresses the importance of the objective and subjective evaluation of the thermal environmental in an industrial context aiming to analyze the contents of thermal environment, identify significant differences of the physical parameters such us air temperature, globe temperature, relative humidity and air velocity and correspondent Indexes and test the differences between shifts in terms of Human response. In order to achieve this issue, experimental data obtained by Guise (2014) were used not only to provide simulation conditions but also to test several operational hypotheses. Note that data were collected on an industrial context, the Continental company - Textile Industry Ave. SA (C-ITA). The results indicate that PMV values are higher in the shift from 14h00 to 22h00 when compared to other shifts. The afternoon shift has a higher number of high WBGT values. Results also showed evidence that the head and the abdomen are more exposed to the thermal environment on the shifts from 06h00 to 14h00 and 14h00 to 22h00. There were no significant differences regarding air velocity in three shifts. In opposition the air temperature and the globe temperature are significantly different regarding the three shifts. Relative humidity is significantly different in the morning shift and the night shift. By simulation it has been found that the air temperature and the temperature at different parts of the body tend to the same behavior with respect to different environmental conditions.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Engenharia e Gestão Industrial
URIhttp://hdl.handle.net/1822/38367
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
DPS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Nilton Gomes_2015.pdf2,43 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID