Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/38319

TitleMelhoria da eficiência energética em edifícios dos anos 70: implementação de soluções sustentáveis low-tech e low-cost
Other titlesImproving energy efficiency in buildings 70: implementation of sustainable low-tech and low-cost solutions
Author(s)Souto, Rui Miguel da Costa Morbey
Advisor(s)Mateus, Ricardo
Bragança, L.
KeywordsAlternativa sustentável
Eficiência energética
Low-tech
Low-cost
Reabilitação sustentável
Sustainability rehabilitation
Thermo-energy efficiency
Alternative sustainable
Issue date2014
Abstract(s)No âmbito da reabilitação, a problemática da eficiência energética dos edifícios antigos assume hoje uma posição cada vez mais destacada. Dos aspetos com mais relevo neste campo, os relacionados com a ineficiência energética e o desconforto dos edifícios, são motivos de grande preocupação. Em Portugal, a reabilitação energética de edifícios existentes dos anos 70, representa um elevado potencial de poupança que interessa explorar, mas deve ser apoiada nos princípios da sustentabilidade e com custos de intervenção adequados à realidade nacional. Por essa razão, a implementação de soluções construtivas low-tech a low-cost no parque edificado existente, pode apresentar-se como uma alternativa sustentável para resolver este problema e alcançar as metas mais exigentes da União Europeia num futuro próximo. Através do estudo de uma situação real, comparam-se duas frações habitacionais de 1965, com caraterísticas idênticas, mas onde uma delas beneficiou de medidas de reforço térmico. Deste modo, pretendeu-se apurar até que ponto existem benefícios para as soluções implementadas e que tipo de medidas se podem aplicar a casos semelhantes, tendo em vista a otimização do desempenho energético, como a diminuição de consumo de energia e melhoria de conforto interior, com reconhecidas vantagens ambientais e económicas. A realização deste trabalho permite afirmar que a melhoria do conforto interior e do desempenho energético de um edifício existente, empregando pouca tecnologia a um nível de investimento acessível, é possível. Foram propostas oito soluções e todas elas apresentam uma poupança de energia muito significativa existindo, no entanto, apenas uma com a melhor nota de sustentabilidade. Através dos resultados obtidos, para a solução com o desempenho mais eficiente e sustentável, verificase que o tempo de retorno do investimento é muito longo. Essa solução utiliza a cortiça como isolante integrada numa aplicação pelo exterior. A solução com bom desempenho energético e económico, com o tempo de retorno menor, utiliza a lã mineral como isolante numa aplicação pelo interior. Tratando-se de um estudo que incide apenas num dos componentes da construção e, também, não inclui utilização de energias renováveis, é prematuro tirar outras conclusões. À luz dos regulamentos atuais, quatro das soluções propostas são suficientes para atingir as metas da U.E. para 2020.
In the context of rehabilitation, the issue of energy efficiency of existing buildings assumes an increasingly prominent position. The most relevant aspects in this field, those related to energy inefficiency and discomfort of buildings, are issues of great concern. In Portugal, the energy rehabilitation of existing buildings of the seventies, has a high potential savings to be explored, but it must be underpinned by the principles of sustainability and appropriate to national conditions intervention costs. For this reason, the implementation of low-cost and low-tech building solutions in existing building can be a sustainable alternative to solve this problem and achieve the highest goals of the European Union in the near future. Through the study of a real situation, we compare two dwellings from 1965, with identical features, but one was submitted to a thermal retrofitting. Thus, we sought to determine to what extent benefits are for the solutions implemented and what kind of measures can be applied to similar cases, with to a view to of optimizing energy performance, such as reduced energy consumption and improved interior comfort, with recognized environmental and economic advantages. This work allows us to state that improving indoor comfort and energy performance of an existing building, using low technology with an affordable investment, it is possible. Eight solutions have been proposed and they all exhibit a very significant energy saving there is, however, only with the best sustainability score. The results obtained for the solution with the most efficient and sustainable performance, it appears that the time to payback is too long. This solution uses cork as an application integrated into the exterior insulation. The solution with good energy and economic performance with time lower return uses mineral wool as the insulating the inside an application. As this is a study that focuses on only one of the components of the construction and also includes nonrenewable energy use, it is premature to draw any other conclusions. In light of current regulations, four of the solutions proposed are sufficient to achieve the 2020 E.U. targets.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Construção e Reabilitação Sustentáveis
URIhttp://hdl.handle.net/1822/38319
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
C-TAC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MCRS_Rui Morbey.pdf13,16 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID