Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/37881

TitleAvaliação de desempenho e motivação dos recursos humanos: caso da CIM Alto Minho
Author(s)Reis, Maria Filomena Teixeira
Advisor(s)Araújo, Joaquim Filipe
KeywordsNova gestão pública
Avaliação de desempenho
SIADAP
Motivação
New public management
Performance appraisal
Motivation
Issue date2015
Abstract(s)Avaliar o desempenho vem constituindo um fator de grande relevância para qualquer organização, seja ela pública ou privada. Procura-se medir, comparar resultados por forma a melhorar o desempenho do capital humano e, por conseguinte, o da própria organização que, num mundo tão competitivo como aquele em que vivemos, se revela essencial. Se avaliar desempenhos é um elemento crucial, não o é menos conseguir maximizar esses mesmos desempenhos e, para isso é fundamental manter o capital humano motivado, pois só dessa forma os mesmos desenvolverão com melhor qualidade as suas tarefas e perseguirão os seus objetivos com maior eficácia e eficiência. Com a presente dissertação procura-se explorar a relação entre a avaliação de desempenho e a motivação dos funcionários com o objetivo de averiguar se avaliação de desempenho tem impacto na motivação dos funcionários públicos. A estratégia de pesquisa assentou em estudo de caso da CIM do Alto Minho (engloba 10 autarquias) com recurso a uma abordagem descritiva - quantitativa. Neste sentido foi efetuada uma análise de perceções com base num inquérito por questionário on-line, tendo sido usada para o efeito uma escala de Likert. A amostra do estudo é composta por 302 funcionários das diferentes autarquias, que são avaliados pelo subsistema SIADAP 3. Os resultados revelam que o sistema de avaliação de desempenho não é considerado justo, não motiva para melhores desempenhos nem contribui para melhorar a gestão da Administração Pública, ao contrário do que é pressuposto do próprio sistema de avaliação. Acresce que esta valoração do SIADAP 3 é mais discordante ainda entre os inquiridos que se sentem primariamente motivados por fatores intrínsecos.
Performance appraisal has become a key factor in any organization, be it public or private. If it is a crucial element, so it is to elicit better performance. Therefore, it is of the essence to keep the workforce motivated. This study intends to assert if performance appraisal and motivation are interrelated, and if extrinsic rewards have an additive effect on an intrinsically motivated workforce. Out of 3104 a total of 302 workers of the Alto-Minho County Community completed a survey, and data collected show that the performance appraisal system is seen as unfair and not adding to motivation. What’s more, logit analysis confirms that intrinsically motivated employees are more sceptical of Portuguese Public Administration Performance Appraisal System (SIADAP 3) than are extrinsically motivated employees who are demographically similar, work in similar positions and have the same beliefs about the fairness of the system and the probability of being rewarded for superior performance. Further data sanction that workers are motivated by their workplace, their position and the job they are doing, which adds to the fact that dissatisfaction is towards the SIADAP 3 itself and the way it has been implemented.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Administração Pública
URIhttp://hdl.handle.net/1822/37881
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Filomena Teixeira Reis.pdf1,96 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID