Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/37770

TitleSob o signo da opressão: textos visuais de pré-adolescentes
Author(s)Cruz, Judite Zamith
Cruz, Angélica Lima
Anastácio, Zélia
KeywordsOpressão
Cultura nortenha
Desenho
Pré-adolescentes
Educação artística
Metodologias visuais
Oppression
North culture
Drawing preaddescents
Arts education
Visual methodologies
Issue date2015
JournalRevista Portuguesa de Educação Artística
Abstract(s)Analisam-se dezassete representações pictográficas que exprimem e comunicam a violência sobre (e dos) pré-adolescentes, com os seguintes objetivos: (1) as docentes conhecerem os estudantes apercebendo possíveis conflitos familiares e disputas com colegas; e (2) as autoras criarem um guião de comparação dos textos mistos (visuais e escritos). Os participantes foram duas professoras e alunos duma turma de 12 raparigas e 5 rapazes, do 2º ano do ensino básico oriundos de meio urbano e suburbano de Braga. Na primeira fase do projeto interdisciplinar, as duas docentes, uma de Língua Portuguesa e outra de Educação Visual, debateram com os alunos diferenças entre um acontecimento jornalístico e um acontecimento poético, evidenciado na metáfora (visual) presente no Poema de Violência, de Bertolt Brecht. As produções artísticas elucidaram questões de género, múltiplos sentimentos e emoções [menosprezo, medo. culpa, represália/vingança, cobardia, preguiça, desconforto por apertos físicos, impotência), proibições e rebeldias, com progenitores uma professora e colegas. Fogem (e ameaçam), fazem maldades e dizem mentiras. Os cenários foram interiores (casa e escola) e exteriores, urbanos e campestres. Visualmente, foram expressos rituais culturais e religiosos [procissão e casamento), com elementos naturais figurativos e simbólicos (portas fechadas, paus no ar, rebentamentos...)
We analyze seventeen pictographic representations that express and communicate the violence on (arxl of) young people, vAth the following objectives: (1) The knowledge of the teachers of each student, and potential famiy conflicts and disputes with colleagues; and (2) the design by the authors of a comparative script of the seventeen nixed texts (visual and written). The participants were two teachers arxl a group of 12 giris and 5 boys, of the 2º cyde of basic education, coming from urban and suburban of Braga. In the first phase of the intenSsdplnary proiect. the two teachers, one of Portuguese Language and another of Visual Eduction, dscussed with the students the differences between a non-expfcdt joumalstic event and a poebc event, evidenced in the (visuaO metaphor, present in the Ftem of Vfafence. by Bertolt Brecht. Artistic productions elucidated gender issues, ptenty of feeings and emotions (contempt, fear, guit retalation/revenge, cowardce, laziness, physical decomfort grips, and impotencel prohibitions, and rebefliousness with parents, a teacher and classmates. Young people represented figures running away from home [and threats themi dOBig wickedness and teing Ses. The scenarios were indoor (home, school) and outdoor, urban and countryside. Visually, the young expressed cultural, and reSgpous rituals (a procession and a memagej. with natural, figurative and symbolic elements (doors dosed, sticks in the air, explosions...)
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/37770
ISSN1647-905X
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Artigos em revistas científicas nacionais com arbitragem
CIEC - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Revista_Educ_Artística.pdf4,83 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID