Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/37722

TitleA escrita epistolar como estratégia de aprendizagem da História e a interpretação de gráficos na aula de Geografia: dois estudos com alunos do 3º ciclo do Ensino Básico
Author(s)Teixeira, Diana Sofia Fernandes
Advisor(s)Melo, Maria do Céu
KeywordsHistória
Escrita epistolar
Testemunhos
Geografia
Interpretação
Gráficos
History
Geography
Testimonies
Letters
Graphics
Issue date2014
Abstract(s)O presente relatório constitui um projeto desenvolvido em contexto real de aprendizagem nas disciplinas de História e de Geografia do 3.º ciclo do Ensino Básico. Este visa analisar a empatia histórica expressa pelos alunos aquando a escrita de cartas no caso da História, e a leitura e interpretação de gráficos, no caso da Geografia. Estes dois estudos foram implementados na Escola de Ensino Básico do 2º e 3º ciclo Dr. Francisco Sanches, numa turma do 9.º ano de escolaridade. Elegeram-se determinados conteúdos programáticos das disciplinas de História e de Geografia nos quais se enquadram os nossos estudos. Os subtemas intitulamse: «Segunda Guerra Mundial» (História) que salienta o período compreendido entre 1939 e 1945, após a grande depressão e a consequente implementação de regimes ditatoriais; e «Contrastes de Desenvolvimento» (Geografia) que esclarece os obstáculos ao desenvolvimento e as possíveis soluções para atenuar os contrastes deste. Dada a especificidade de cada disciplina, implementaram-se dois estudos que procuraram dar respostas às seguintes questões: Que tipos de empatia histórica os alunos expressam face a conflitos bélicos? Quais são os tipos de interpretação de gráficos que os alunos do 9.º ano de escolaridade apresentam? O estudo desenvolvido na disciplina de História consistiu na reconstrução de vivências de pessoas do passado, a partir das ideias tácitas e conhecimentos históricos dos alunos. Para tal, foram escritas cartas de pessoas imaginárias que viveram no gueto de Varsóvia (1939 a 1945), sendo que essas foram o nosso instrumento de recolha de dados. Num momento posterior, os alunos foram incumbidos de adicionar informações relativas ao conteúdo das cartas, tais como, fotografias e/ou imagens que estivessem de acordo com a época da escrita da carta. No estudo feito na disciplina de Geografia, os instrumentos de recolha de dados adotados foram três fichas de trabalho dedicadas à interpretação de gráficos, nas quais estava presente um conjunto de questões para cada gráfico. Procurou-se, respetivamente, conhecer o tipo de empatia histórica que os alunos expressam face a conflitos bélicos e a sua vivência, e determinar os tipos de interpretação de gráficos (geografia) com vista a desenvolver a sua literacia histórica e geográfica.
This report describes a project developed in classes of History and Geography of the 3rd grade of Basic Education. In the case of History, it aims to analyze the historical empathy expressed by students when writing letters, and in Geography the interpretation of graphs. The implementation of the two studies took place at the School /2nd e 3rd cycles Dr. Francisco Sanches, within a 9th grade class. The study in History class was done during the teaching of the subject “The Second World War” from 1939 to 1945, after the Great Depression and the consequent implementation of the Dictatorship Regimes. The study in Geography class, the theme was “The Contrasts in Development”, which clarifies the obstacles to the development and possible attenuating solutions. Due to the specificity of each class, two studies were adopted pursuing answers the following questions: What kind of historical empathy the students express about the armed conflicts? What ways the 9th grade students use to read graphs? The study developed in the History class consists in the reconstruction of people from the past’s experiences, according to students’ tacit ideas and historical knowledge. The gathering instrument was letters that students wrote as people that had lived in the ghetto of Virchow (1939 to 1945). Afterwards, they were asked to add additional information, such as photos or images from that period. In the Geography class, it was used three worksheets with graphs and a sequence of questions that asks for an interpretation. Therefore, we aimed to characterize students’ historical empathy regarding armed conflicts and lived experiences, and the ways they read and interpret graphs in order to increase their historical and geographic literacies.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário
URIhttp://hdl.handle.net/1822/37722
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diana Sofia Fernandes Teixeira.pdf2,69 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID