Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/37649

TitleA entrevista cognitiva melhorada: pressupostos teóricos, investigação e aplicação
Author(s)Paulo, Rui
Albuquerque, Pedro Barbas
Bull, Ray
KeywordsEntrevista cognitiva melhorada
Entrevista de testemunhas
Investigação policial
Avaliação forense
Memória de testemunhas
Enhanced cognitive interview
Witness interviewing
Police investigation
Forensic evaluation
Witnesses memory
Issue date2014
PublisherAssociação Portuguesa de Psicologia
JournalPsicologia: Revista da Associação Portuguesa de Psicologia
CitationPaulo, Rui; Pedro B. Albuquerque; Bull, Ray. A Entrevista Cognitiva Melhorada: Pressupostos teóricos, investigação e aplicação, Psicologia, 28, 2, 21-30, 2014.
Abstract(s)A entrevista de testemunhas é um procedimento fundamental no decurso das investigações policiais e avaliações forenses. No entanto, o conhecimento, formação e treino destes profissionais para entrevistar testemunhas é frequentemente insuficiente, levando ao uso de técnicas de entrevista inadequadas e à obtenção de informação limitada e pouco fidedigna. Neste artigo abordamos a Entrevista Cognitiva Melhorada, atualmente aceite como um dos métodos mais eficazes para obter bons testemunhos. Descrevemos pormenorizadamente esta entrevista, quais os pressupostos teóricos que justificam a sua utilização, incidindo ainda sobre a investigação relevante. Por fim, elaboramos um guia de utilização para esta entrevista baseado nos resultados da investigação e no modelo utilizado pelas forças policiais de Inglaterra e Gales (i.e. “PEACE”). Não existindo nenhum outro protocolo publicado em língua portuguesa para a aplicação da Entrevista Cognitiva Melhorada, consideramos a leitura deste artigo um primeiro passo para todos os profissionais que pretendam utilizar este modelo de entrevista.
Interviewing witnesses is a fundamental procedure during police investigations and forensic evaluations. However, professionals” knowledge, training and experience to interview witnesses is often scant, leading to the use of improper interview techniques and the obtaining of limited and unreliable information. In this paper we address the Enhanced Cognitive Interview, currently accepted as one of the most effective methods to obtain good accounts. We fully describe this interview, the theoretical principles that justify its use, and the relevant research. Lastly, we have developed a Portuguese guide for using this interview, based on research and on the interviewing approach used by police forces in England and Wales (i.e. “PEACE”). Since no other protocol for the implementation of the Enhanced Cognitive Interview has been published in Portuguese, we consider reading this article a first step for all professionals that wish to use this style of interviewing.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/37649
ISSN2183-2471
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIPsi - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PAULO, ALBUQUERQUE &BULL (2014) - PSICOLOGIA (APP).pdf627,74 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID