Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/37555

TitleFatores preditores do comportamento delinquente em jovens adultos na comunidade Portuguesa
Other titlesPredictors of delinquent behavior in young adults in the portuguese community
Author(s)Miranda, Ana Raquel Pereira
Advisor(s)Maia, Angela
KeywordsPreditores
Delinquência autorreportada
Vitimação
Psicopatologia
Predictors
Self-reported delinquency
Victimization
Psychopathology
Issue date2015
Abstract(s)A delinquência é uma problemática com influências na qualidade de vida dos jovens e da sociedade que os rodeia. Poucos são os estudos em Portugal que abordam os preditores de delinquência na comunidade. As investigações sugerem que existe um leque diversificado de fatores preditores de delinquência, entre eles, salientam-se ser do sexo masculino, ter história de vitimação e de psicopatologia. O objetivo deste estudo é identificar os comportamentos delinquentes autorreportados por jovens adultos da comunidade portuguesa e alguns fatores associados, nomeadamente o sexo, experiências de vitimação e sintomatologia psicopatológica. Participaram no estudo 207 jovens adultos portugueses, com idades entre os 18 e os 26 anos (M = 21.7 DP = 2.788), que responderam a instrumentos de autorrelato: Questionário Sociodemográfico e Comportamental, Questionário da História de Adversidade na Infância e Inventário de Sintomas Psicopatológicos. Os resultados revelaram que 53% dos participantes relatam pelo menos um tipo de comportamento delinquente. Ser do sexo masculino, e mais experiências de vitimação e mais sintomatologia psicopatológica está associado a maior probabilidade de comportamento delinquente autorreportado. Estes resultados sugerem a necessidade de intervir em fatores de risco como a vitimação e psicopatologia, especialmente nos rapazes, promovendo intervenções mais eficazes no combate à delinquência.
Delinquency is a problem with influences in the life quality of young people and society around them. There are only a few studies in Portugal that address delinquency predictors in community. The research suggests that there is a diversified range of delinquency predictors among them, being male, have a history of victimization and psychopathology. The aim of this study is to identify the delinquent behavior self-reported by young adults of the Portuguese community and some associated factors, including gender, the presence of victimization and the psychopathological symptoms. In this study participated 207 young Portuguese adults, with ages between 18 and 26 years (M = 21, DP = 2.788), that answered to self-report instruments: the Sociodemographic and behavioral questionnaire, Adverse Childhood Experience questionnaire and Brief Symptoms Inventory. The results revealed that 53% of participants reported at least one type of delinquent behavior and that, males, with higher levels of victimization and psychopathological symptoms, are related with the highest probability of delinquent behavior. These results suggest the need to intervene in risk factors such as victimization and psychopathology, especially in boys, promoting more effective interventions in the fight against delinquency.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Psicologia Aplicada
URIhttp://hdl.handle.net/1822/37555
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Ana Miranda.pdf245,36 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID