Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/37486

TitleContribuição para uma discriminação mineralógica e clástica de formações metassedimentares da região de Caminha, Norte de Portugal
Other titlesContribution for a mineralogical and clastic discrimination of metasedimentary formations in the region of Caminha, Northern Portugal
Author(s)Lobarinhas, Daniela
Dias, Patrícia Sofia Alves
Gomes, C. Leal
KeywordsConcentrados de minerais densos
Formações detríticas metamorfizadas
Cartografia
Dense minerals concentrates
Metasedimentary detrital formations
Geological mapping
Issue date2014
PublisherLNEG – Laboratório Nacional de Energia e Geologia
JournalComunicações Geológicas
Abstract(s)Novos dados adquiridos durante a revisão cartográfica da Folha 1-C (Caminha) (CIG-R, 2008) colocaram em causa a continuidade da Unidade do Minho Central (UMc) para norte, no sector de Caminha. Com efeito, esta revisão revelou a existência de acidentes tectónicos de primeira ordem que compartimentam esta Unidade, separando formações de afinidade metassedimentar detrítica, localizadas a NW, em Vilar de Mouros, das formações de afinidade meta-vulcanosedimentar situadas a Este (Formações do Domo de Covas). Estas estão separadas das formações atribuídas ao domínio Autóctone através de uma estrutura de carreamento que passa a W de Orbacém. Este trabalho procurou distinguir estes conjuntos de formações, pelo estudo mineralométrico de concentrados de minerais densos obtidos a partir de algumas fácies representativas, contribuindo assim para a discriminação de domínios estruturalmente independentes.
New data acquired during the cartographic review of the 1-C geological map (CIG- R., 2008), questioned the continuity of the Minho Central Unit to the North, in the Caminha region. Indeed, this review revealed the existence of first order tectonic lineaments which compartmentalize this unit, separating formations with detrital sedimentary affinity, located to the north in Vilar de Mouros, from metavulcanosedimentary formations located to the east (Domo de Covas formations). These are separated by the previously recognized Orbacém thrust, from autochthonous metasedimentary formations located to the W. This paper aims to distinguish these formations, using a mineralometric study of dense mineral concentrates obtained from representative facies, thus contributing to the definition of structurally independent domains
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/37486
ISSN1647-581X
0873-948X
Publisher versionhttp://www.lneg.pt/iedt/unidades/16/paginas/26/30/185
Peer-Reviewedyes
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:CIG-R - Artigos (Papers)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
24_2865_ART_CG14_ESPECIAL_I.pdf
  Restricted access
1,65 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID