Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/3669

TitleEfeito da aclimatização do inóculo e da recirculação da biomassa na degradação de ácido oléico em filtro anaeróbio
Author(s)Pereira, M. A.
Mota, M.
Alves, M. M.
KeywordsFiltro anaeróbio
Ácidos gordos de cadeia longa
Toxicidade
Issue date1999
CitationCONFERÊNCIA NACIONAL SOBRE A QUALIDADE DO AMBIENTE, 6, Lisboa, 1999 - "Actas da 6.ª Conferência Nacional sobre a Qualidade do Ambiente". Lisboa : Universidade Nova de Lisboa, 1999. vol. 3, p. 153-162.
Abstract(s)Este trabalho teve por objectivo o estudo da degradação do ácido oleico (um dos mais tóxicos e mais abundante entre os Ácidos Gordos de Cadeia Longa - AGCL presentes em efluentes) em filtro anaeróbio, avaliando o efeito da aclimatização da biomassa utilizada como inóculo e também da recirculação da biomassa. Operaram-se três filtros anaeróbios (R1, R2 e R3) em paralelo. Em R1 inoculou-se biomassa não aclimatizada e não se recirculou a biomassa que saía do reactor. Em R2 inoculou-se biomassa não aclimatizada e recirculou-se a biomassa e em R3, também com recirculação, inoculou-se biomassa aclimatizada com lípidos e oleato. O desempenho dos digestores foi avaliado durante 233 dias em termos de CQO (Carência Química de Oxigénio) solúvel removida, AGV (Ácidos Gordos Voláteis) e SSV (Sólidos Suspensos Voláteis) à saída, e produção de metano. Obtiveram-se eficiências de remoção entre 70 a 77%, para uma carga aplicada de oleato de 12.5 kgCQO/m³.dia, mesmo com concentrações molares oleato/(Ca2++Mg2+) de 6.79. Os rendimentos em metano diminuíram com o aumento da carga aplicada em oleato, embora as remoções de CQO solúvel se tenham mantido superiores a 70%. Este facto sugere que parte do oleato possa ter sido retida por adsorção na biomassa. Verificou-se que a recirculação da biomassa foi vantajosa no desempenho deste sistema, promovendo a minimização do efeito de lavagem (“washout”) e a diluição da carga tóxica aplicada, conduzindo a uma menor inibição da população acetogénica e metanogénica. Além disso, o efeito inibitório do oleato de sódio sobre as populações acetogénicas e metanogénicas foi menos sentido num filtro anaeróbio inoculado com biomassa previamente aclimatizada. Conclui-se que, do ponto de vista do tratamento de efluentes com elevada carga em oleato, o efeito combinado da recirculação de biomassa e utilização de um inóculo aclimatizado é benéfico, melhorando a eficiência do desempenho do filtro anaeróbio.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/3669
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CEB - Artigos em Livros de Atas / Papers in Proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CNQA-C15-16[1].PDF837,97 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID