Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/359

TitleApplication level runtime load management : a bayesian approach
Author(s)Santos, Luís Paulo
Issue date2001
Abstract(s)A computação paralela em sistemas distribuídos partilhados exige novas abordagens ao problema da gestão da carga computacional, uma vez que os algoritmos existentes ficam aquém das expectativas. A execução eficiente de aplicações paralelas irregulares em clusters de computadores partilhados dinamicamente exibe um comportamento imprevisível, devido à à variabilidade dos requisitos da aplicação e da disponibilidade dos recursos do sistema. Esta tese investiga as vantagens de incluir explicitamente no modelo de execução de um escalonador ao nível da aplicação a incerteza que este tem sobre o estado do ambiente em cada instante. Propõe-se um mecanismo de decisão baseado em redes de decisão de Bayes, complementado por uma estrutura genérica para estas redes, vocacionada para o escalonamento ao nível da aplicação; a utilização de um algoritmo de inferência probabilística permite ao escalonador tomar decisões mais eficazes, baseadas em previsões escolásticas das consequências destas decisões, geradas a partir de informação incompleta e desactualizada sobre o estado do ambiente. É proposto um modelo de desempenho da aplicação e respectivas métricas, que permite prever o comportamento da aplicação e do sistema distribuído; estas métricas são utilizadas quer no mecanismo de decisão do escalonador, quer para avaliar o desempenho do mesmo. Para verificar se esta abordagem contribui para melhorar o tempo de execução das aplicações e a eficiência do escalonador, foi desenvolvido um ray tracer paralelo, representativo de uma classe de aplicações baseada em passagem de mensagens com paralelismo no domínio dos dados e comportamento irregular. Este protótipo foi executado num cluster com sete nodos partilhados no tempo e submetidos a vários padrões sintéticos de cargas de trabalho dinâmicas. Para avaliar a eficácia da gestão de carga proposta, o desempenho do escalonador estocástico foi comparado com três escalonadores de referência: uma distribuição estática e uniforme da carga, uma estratégia orientada ao pedido e uma política de escalonamento determinística baseada em sensores. Os resultados obtidos demonstram que estratégias dinâmicas baseadas em sensores obtêm grandes melhorias de desempenho sobre estratégias que não usam informação sobre o estado do ambiente, e realçam as vantagens do escalonador estocástico relativamente a um escalonador determinístico com um nível de complexidade equivalente.
Affordable parallel computing on distributed shared systems requires novel approaches to manage the runtime load distribution, since current algorithms fall below expectations. The efficient execution of irregular parallel applications, on dynamically shared computing clusters, has an unpredictable dynamic behaviour, due both to the application requirements and to the available system's resources. This thesis addresses the explicit inclusion of the uncertainty an application level scheduling agent has about the environment, on its internal model of the world and on its decision making mechanism. Bayesian decision networks are introduced and a generic framework is proposed for application level scheduling, where a probabilistic inference algorithm helps the scheduler to efficiently make decisions with improved predictions, based on available incomplete and aged measured data. An application level performance model and associated metrics (performance, environment and overheads) are proposed to obtain application and system behaviour estimates, to include in the scheduling agent's model and to help the evaluation. To verify that this novel approach improves the overall application execution time and the scheduling efficiency, a parallel ray tracer was developed as a message passing irregular data parallel application, and an execution model prototype was built to run on a seven time-shared nodes computing cluster, with dynamically variable synthetic workloads. To assess the effectiveness of the load management, the stochastic scheduler was evaluated rendering several complex scenes, and compared with three reference scheduling strategies: a uniform work distribution, a demand driven work allocation and a sensor based deterministic scheduling strategy. The evaluation results show considerable performance improvements over blind strategies, and stress the decision network based scheduler improvements over the sensor based deterministic approach of identical complexity.
TypeDoctoral thesis
URIhttp://hdl.handle.net/1822/359
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
DI/CCTC - Teses de Doutoramento (phd thesis)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
thesis.pdf1,9 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID