Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/35720

TítuloLito e tectono-estratigrafia da Unidade do Minho Central e Ocidental: uma proposta de reclassificação
Autor(es)Meireles, Carlos
Pamplona, J.
Castro, Paulo
Palavras-chaveUnidades tectono-estratigráficas
Carreamento
ZGTM
Minho
Tectonostratigraphic units
Thrust faults
GTMZ
Data2014
EditoraLaboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG)
RevistaComunicações Geológicas
Resumo(s)A revisão cartográfica do sector correspondente à unidade parautóctone designada por Minho Central e Ocidental, permitiu identificar novas unidades: autóctones (formação Sobrado); parautóctones (unidades de Torre-Amonde e Vilar de Mouros) e alóctones (Unidades de Vila Mou-Covas e Arga). São propostas correlações destas unidades com outros sectores da Zona Galiza – Trás-os-Montes, nomeadamente, Celorico de Basto, Vila Pouca de Aguiar e Macedo de Cavaleiros.
New geological mapping of the parauthocthonous unit of “Minho Central e Ocidental”, allowed the identification of some new units: autochthonous (Sobrado formation); parauthocthonous (TorreAmonde and Vilar de Mouros units) and allochthonous units (Vila Mou-Covas, Arga). Some correlations are established with other sector of Galiza - Trás-os-Montes Zone, namely, Celorico de Basto, Vila Pouca de Aguiar and Macedo de Cavaleiros sectors.
Tipoarticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/35720
ISSN0873-948X
1647-581X
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CIG-R - Artigos (Papers)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Meireles_etal_CG14_ESPECIAL_I.pdf1,09 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis