Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/35591

TitleLevantamento sobre as práticas de análise de projectos de investimento de pequenas e médias empresas na Província do Cuanza Norte - Angola
Author(s)Santos, Agostinho Sebastião dos
Advisor(s)Loureiro, Gilberto
KeywordsAvaliação
Projetos de investimento
PMEs
Evaluation
Investment projects
SMEs
Issue date2015
Abstract(s)Qualquer gestor de empresa deve armar-se de conhecimentos técnicos e científicos para de quando em quando tomar decisões relacionadas à atividade empresarial. Umas das atividades que o Gestor está sujeito tem a ver com a avaliação económica de projetos de investimentos. Para conseguir isso é necessário o conhecimento de técnicas de análise de investimento para avaliar, comparar e selecionar projetos que melhor se adequem às políticas traçadas pelo órgão de Administração. O objetivo fulcral deste estudo é fazer um levantamento das práticas de análise de projetos de investimento de pequenas e médias empresas (PMEs) na Província do Cuanza Norte - Angola. Para além de incidir nos métodos clássicos de análise de projetos, este estudo pretende também averiguar até que ponto os gestores estão conscientes dos fatores de risco e incerteza associados aos projectos de investimento e se os levam em conta na metodologia que utilizam. Das 45 empresas que responderam os questionários, apenas 20 elaboram projetos de investimentos, correspondendo 44,4% do universo de estudo. E cerca de 18 (40%) empresas nunca elaboraram projetos de investimentos e 7 (15%) respondentes mostraram não ter conhecimentos sobre a forma de os avaliar nas suas empresas. A forma atual de elaboração de projetos de investimentos, em pequenas e médias empresas no Cuanza Norte, não consagra qualidades científicas, na medida em que apenas 6,7% das empresas consideraram o custo de oportunidades, os custos afundados e a variação do fundo de maneio. Quanto aos critérios de avaliação, os resultados indicam que na região usam-se mais os métodos empíricos do que os métodos científicos, já que a maior parte das empresas (20%), privilegiam a taxa de rendibilidade contabilística, 13,3% utiliza o período de recuperação do Investimento (PRI), 6,7% utiliza o valor atual líquido (VAL), e 4,4% a taxa interna de rendibilidade. Este fato pode provocar uma desvantagem competitiva com as empresas internacionais, na medida que essas já utilizam conforme aponta a nossa pesquisa.
Any company manager must have technical and scientific knowledge in order to make decisions related to business activity. One of the activities that the managers must be engagedin is the economic evaluation of investment projects. To achieve this goal, the knowledge of investment analysis techniques is necessary to evaluate, compare and select projects that best fit the policies outlined by the Board of Directors. This study aims to survey the practices of analysis of investment projects of small and medium enterprises (SMEs) in Cuanza Norte Province - Angola. In addition to cover the classical methods of project analysis, this study also aims at determining the extent to which managers are aware of the risk factors and uncertainties associated with investment projects and take to account the methodology they use. Of the 45 companies that answered the questionnaire, only 20 prepare investment projects, representing 44.4% of the study universe. About 18 (40%) companies never developed investment projects and 7 (15%) respondents tended not to know about how to assess investment in their companies. The current way of developing of investment projects in small and medium enterprises in Cuanza Norte, does not contain scientific qualities, to the extent that only 6.7% of the companies consider the opportunity cost, sunk costs and the change in background management. As for the assessment criteria, the results indicate that in the region managers use more empirical methods than scientific methods, since most of the companies (20%) favor the accounting rate of return (ARR), 13.3% use the payback, 6.7 % use the net present value (NPV), and 4.4% internal rate of return (IRR). This can cause a competitive disadvantage with international companies, as these already use batter techniques.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Estudo de Gestão
URIhttp://hdl.handle.net/1822/35591
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Agostinho Sebastião dos Santos.pdf2,79 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID