Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/34812

TítuloAprender na (e com a) terceira idade
Outro(s) título(s)Learning during (and with) old age
Autor(es)Fernandes, Daniela Alexandra Carvalho
Orientador(es)Antunes, Maria da Conceição Pinto
Data2014
Resumo(s)A diminuição da taxa natalidade e o aumento da esperança média de vida contribuem para o envelhecimento da população. Esta situação mostra-se bastante preocupante, não só porque põe em causa as gerações futuras mas, também, porque eleva a urgência em repensar políticas e estratégias que permitam aos mais velhos viver com qualidade. Os estereótipos em relação à terceira idade são um dos grandes responsáveis pelo modo negativo como olhamos para esta fase da vida. Existe ainda muita dificuldade em compreender que a velhice é um processo que faz parte da nossa vida, e que deve ser vivido de acordo com as necessidades e expectativas de cada um. Assistimos, hoje, a uma necessidade crescente de se desenvolverem com os mais velhos ações que possibilitem a sua integração e participação, quer na vida pessoal quer na comunidade onde estão inseridos. O projeto visou a promoção de um envelhecimento ativo tendo em conta um processo de educação e animação sociocultural. Com esta finalidade desenvolvemos um conjunto de atividades recorrendo a metodologias ativas e participativas que visassem o desenvolvimento pessoal, social, cognitivo e físico de cada idoso. Trabalhamos ainda, no sentido da valorização das competências e conhecimentos de cada um. Os métodos e técnicas selecionados para esta intervenção inserem-se numa metodologia qualitativa, no entanto os dados quantitativos não foram de todo descurados. Durante a intervenção os utentes do Centro de Dia mostraram uma maior autonomia e participação nas atividades realizadas. O empenho e motivação demostrado foi sem dúvida um indicador positivo em relação ao impacto do projeto.
The declining fertility rate and increasing life expectancy contribute to the aging population. This situation appears to be quite disturbing, not only because it challenges the future generations, but also because it raises the urgency to rethink policies and strategies that enable elders to live with quality. The stereotypes about old age are largely responsible for the negative way we look at this life stage. There is still a lot of difficulty understanding that aging is a process that is part of our life, and it should be lived according to the needs and expectations of each person. We witness today a growing need to develop with elderly actions that allow their integration and participation, whether in personal life or in the community where they live. The project aimed to promote active aging in view of a process of education and sociocultural activities. For this purpose we developed a set of activities using active and participatory methodologies that aimed the personal, social, cognitive and physical development of each senior. We also work in the sense of appreciation of the skills and knowledge of each one. The methods and techniques selected for this intervention are part of a qualitative methodology, however, quantitative data were not entirely neglected. During the intervention the users of the Day Centre showed greater autonomy and participation in activities. The demonstrated commitment and motivation was certainly a positive indicator for the impact of the project.
TipomasterThesis
DescriçãoRelatório de estágio de mestrado em Educação (área de especialização em Educação de Adultos e Intervenção Comunitária)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/34812
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Daniela Alexandra Carvalho Fernandes.pdf7,22 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis