Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/34074

TítuloImplementação de modelos de gestão de risco nos serviços farmacêuticos do Centro Hospitalar Póvoa de Varzim – Vila do Conde
Outro(s) título(s)Risk management models implementation in the phamaceutical services of Póvoa de Varzim - Vila do Conde Center
Autor(es)Freitas, Carina Alexandra Lima de
Orientador(es)Pereira, Maria Olívia
Veiga, Paula Alexandra
Data2014
Resumo(s)Atualmente, qualidade e gestão de risco são conceitos abordados diariamente nas unidades de saúde com o intuito de promover a segurança do doente. A presente dissertação foi desenvolvida no âmbito de um estágio curricular nos serviços farmacêuticos do Centro Hospitalar Póvoa de Varzim – Vila do Conde. O estágio teve como objetivos: i) a implementação de um modelo de gestão de risco neste departamento e ii) a elaboração do Manual da Qualidade dos Serviços Farmacêuticos, que implicou a avaliação do desempenho dos serviços farmacêuticos. A implementação do modelo de gestão de risco passou pela identificação, análise e descrição dos riscos. Os métodos utilizados na identificação dos riscos foram as listas de verificação e o registo de eventos adversos. Para a análise e avaliação dos riscos foi utilizado o método da matriz composta – P. A identificação dos riscos permitiu a recomendação de implementação de medidas, cujos custos foram estimados de forma a permitir uma gestão custo-efetiva das prioridades. O Manual da Qualidade dos Serviços Farmacêuticos baseou-se num manual existente noutro departamento da organização e no debate gerado com os diferentes intervenientes. A avaliação do desempenho dos serviços farmacêuticos foi realizada com recurso a inquéritos de satisfação e à verificação da conformidade dos pedidos de distribuição clássica e de estupefacientes preparados pelo departamento. No âmbito do estágio, houve uma colaboração ativa noutras atividades desenvolvidas pelos serviços farmacêuticos, como na elaboração do Plano de Higiene e Segurança dos Serviços Farmacêuticos, do Plano de Segurança Contra Incêndios e do Plano de Gestão Ambiental dos Serviços Farmacêuticos. A aplicação dos métodos de avaliação de risco permitiu identificar várias situações de risco nos serviços farmacêuticos, sendo que nenhuma foi considerada urgente. Detetaram-se situações que afetam ou podem afetar utentes, mas são consideradas aceitáveis. Algumas das medidas propostas não apresentam custos ou apresentam custos relativamente reduzidos, sugerindo que as medidas podem ser custo-efetivas. Os resultados merecem, no entanto, uma leitura cuidadosa dado que o método da matriz composta – P mostrou ser subjetivo, dependendo dos critérios do avaliador. A matriz deve assim ser entendida como um instrumento dinâmico, sensível às alterações nos cuidados de saúde prestados e à participação dos profissionais de saúde. A implementação do modelo de gestão de risco permitiu constatar a elevada adesão por parte dos profissionais ao reporte dos eventos adversos ocorridos. Este resultado sugere que as organizações podem com baixo custo tornar efetivo o reporte de eventos adversos e assim poder atuar sobre eles. Durante o período de estudo foram declarados 248 eventos adversos distribuídos por 20 tipos diferentes, sendo o mais frequente o erro na preparação de gavetas de cassetes de distribuição em dose unitária. Não existem situações urgentes ou críticas no que diz respeito ao risco associado aos eventos adversos ocorridos. Nos pedidos verificados pelos serviços clínicos não houve incorreções, o que indica qualidade nos procedimentos de distribuição clássica e de estupefacientes. A análise dos inquéritos de satisfação permitiu concluir que a opinião dos clientes sobre os serviços farmacêuticos é bastante positiva, existindo, no etanto, aspetos a melhorar.
Currently, quality and risk management concepts are discussed daily in health facilities in order to promote patient safety. The work presented here was developed during a probation period at the Póvoa de Varzim – Vila do Conde Hospital Center pharmacy services. This training period had as objectives: i) the implementation of a risk management model in this department and iii) the development of the Pharmaceutical Services Quality Manual, involving the evaluation of the pharmaceutical services’ performance. The implementation of the risk management model implied the identification, analysis and description of the risks. The methods used in identifying risks were checklists and registration of adverse events, as described in the literature. For the analysis and risk assessment the composite matrix-P method was used. Risk identification allowed the recommendation for the implementation of measures whose costs were estimated to allow for cost-effective management of priorities. The Pharmaceutical Services Quality Manual was based on an existing one from another department of the organization and the discussions between the probationer and the different staff. The performance evaluation of the pharmaceutical services was based on satisfaction surveys and a conformity verification of the requests for classic distribution as well as the distribution of drugs prepared by the department. During the probation period, there was active collaboration in other activities undertaken by pharmaceutical services as the preparation of Pharmaceutical Services Care and Safety Plan, the Fire Safety Plan and the Pharmaceutical Services Environmental Management Plan. The application of risk assessment methods has allowed the identification of several risk situations in the pharmaceutical services, none of which was considered urgent. Furthermore, there were situations that affect or may affect users, but are considered acceptable. Some of the measures proposed have no costs or have relatively low ones, suggesting that the measures may be cost-effective. However, the results must be read carefully as the composite matrix-P method proved to be subjective and dependent of the criteria of the evaluator. The matrix should thus be understood as a dynamic instrument, sensitive to the changes both in the health care provided and the participation of the health professionals. An important outcome of the probation period verified on this thesis is the high adherence of professionals to the reporting of adverse events. This result suggests that organizations can, at low costs, make the reporting of adverse events effective and thus become capable of acting on them. During the study period, 248 adverse events of 20 different types were declared, the most frequent being related to the preparation of the unit-dose medication drawers. There are no emergency or critical situations related to the risk associated with these adverse events. In the requests checked by the medical services there were no incorrections, which indicates good quality of the classical and narcotics distribution procedures. The analysis of the satisfaction surveys allows for the conclusion that the client's opinion on the pharmaceutical services is very positive. However, there are aspects to improve.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado integrado em Engenharia Biomédica (área de especialização em Engenharia Clínica)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/34074
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
CEB - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations
NIMA - Dissertações de Mestrado/Master Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Carina Alexandra Lima de Freitas.pdf3,84 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos.zip22,21 MBUnknownVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis