Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/33889

TitleA influência da diversidade do capital humano na performance das instituições financeiras, 2002-2009
Other titlesThe influence of diversity of human capital on the performance of financial institutions, 2002-2009
Author(s)Correia, Joana Sofia Moreira
Advisor(s)Monteiro, Natália
KeywordsDiversidade
Capital humano
Performance
Instituições financeiras
Efeitos fixos
Diversity
Human capital
Performance
Financial institutions
Fixed effects
Issue date2014
Abstract(s)Vivemos num mundo projetado pela globalização onde a diversidade se impõe. Neste contexto, o estudo da força de trabalho torna-se cada vez mais importante. De facto, a diversidade do capital humano pode fornecer um conjunto de opções que as organizações podem utilizar para adquirirem vantagens competitivas e, deste modo, aumentarem a sua performance. No nosso estudo, analisamos a influência da diversidade do capital humano na performance das instituições financeiras, no período compreendido entre 2002 e 2009, através da base de dados Quadros de Pessoal do Ministério da Economia e do Emprego, da Universidade do Minho. Para o efeito, recorremos à produtividade por trabalhador como medida da performance. Concluímos que variáveis como o género e os anos de antiguidade têm um impacto positivo na performance enquanto que a idade e a dimensão são variáveis que afetam negativamente a performance. As variáveis relativas à nacionalidade dos indivíduos, aos anos de escolaridade e à localização das instituições mostram que não tem efeitos significativos na performance.
We live in a world designed by globalization where diversity is imposed. In this context, the study of the labor force becomes more and more important. In fact, diversity of human capital can provide a set of options that organizations can use to gain competitive advantages and thus increase their performance. In our study, we analyse the influence of diversity of human capital on the performance of financial institutions in the period between 2002 and 2009, through the database of Quadros de Pessoal of Ministério da Economia e do Emprego, at University of Minho. For this purpose, we use the productivity per worker as a measure of performance. We conclude that variables such as gender and years of antiquity have a positive impact on performance while age and dimension of the institution are variables that negatively affect performance. The variables concerning the individual’s nationality, years of schooling and the location of institutions show us that they have no significant effect on performance.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Economia Monetária, Bancária e Financeira
URIhttp://hdl.handle.net/1822/33889
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Joana Sofia Moreira Correia.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID