Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/33845

TitleA análise SWOT como estratégia de (auto) avaliação : uma partilha de experiências em contextos de prática clínica supervisionada
Author(s)Pereira, Rui Pedro Gomes
Rito, Maria
KeywordsAnálise SWOT
Ensinos clínicos / estágios
Avaliação
Supervisão clínica em enfermagem
SWOT analysis
Clinical teaching / practice
Evaluation
Nursing clinical supervision
Issue date2013
PublisherEscola Superior de Enfermagem do Porto (ESEP)
Abstract(s)A avaliação é uma realidade indissociável dos processos formativos e do desenvolvimento de competências em contextos de prática clínica pelos estudantes de enfermagem. Neste trabalho, equacionámos a utilização da análise SWOT enquanto metodologia estruturada e sistematizada de (auto) avaliação em ensinos clínicos/estágios, pretendendo-se ponderar os ganhos potenciais associados ao recurso à metodologia SWOT, enquanto estratégia complementar de avaliação das diversas experiências formativas em contextos da prática. Na generalidade os resultados obtidos apontam para uma significativa utilidade da análise SWOT enquanto estratégia de apoio à (auto) avaliação, num contexto de reflexão crítica. Também a simplicidade de utilização e o cariz pragmático a ela subjacente parecem revestir-se de interesse para os estudantes em contexto de prática clínica, nomeadamente a clarificação entre fatores intrínsecos e extrínsecos, bem como a distinção entre fatores favorecedores e dificultadores da aquisição/desenvolvimento de competências e aprendizagens em contexto de prática clínica. Numa perspetiva indutiva, a experiência adquirida associada aos resultados empíricos verificados, apresentam-se como argumentos favoráveis à utilização sistemática da análise SWOT no contexto dos ensinos clínicos/estágios.
TEvaluation is inseparable from formative processes and the development of skills in the context of clinical practice of nursing students. In this work, we equate the use of SWOT analysis as a methodology for structured and systematic (self)evaluation in clinical teaching / internship, pretending to balance the potential gains associated with the use of SWOT methodology as a complementary strategy for evaluating several formative experiences in settings of practice. In general the results suggest a significant usefulness of SWOT analysis as a strategy to support (self)evaluation in the context of a critical reflection. Also the simplicity of use and its underlying pragmatic oriented seems to be of interest to students in the context of clinical practice, including the clarification between intrinsic and extrinsic factors, as well as the distinction between factors enhancers and inhibiting the acquisition and development of skills and learning in the context of clinical practice. In an inductive perspective, the experience linked to the observed empirical results are presented as arguments for the systematic use of SWOT analysis in the context of clinical teaching and internship.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/33845
Publisher versionhttp://esenf.pt/fotos/editor2/i_d/publicacoes/e-book_cse4.pdf
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:ESE-CIE - Livros de atas / Papers in conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_SWOT.pdfArtigo_E-Book - CISC344,68 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID